Selena Gomez escreve carta especial à comunidade LGBT

A cantora falou sobre sua criação próxima à comunidade e sobre suas esperanças para o futuro <3

Por Chames Oliveira - Atualizado em 1 jun 2017, 20h23 - Publicado em 1 jun 2017, 17h24

Em homenagem ao Mês do Orgulho Gay, comemorado em junho no mundo todo, a revista Billboard pediu para que diversas figuras do universo pop escrevessem cartas à comunidade LGBT. E, nesta quinta-feira (01/06), foi a vez de divulgarem uma cartinha fofa escrita por Selena Gomez. Nela, a cantora conta que não vê a hora de “uma pessoa não ser julgada, discriminada ou temida por sua sexualidade”. Nós também, Sel <3 Confira a carta na íntegra:

Selena Gomez escreve carta para a comunidade LGBT Foto:/Getty Images

“Eu me lembro de ir, quando criança, para cafés da manhã aos domingos com minha mãe e a turma de amigos dela. Eu não tinha ideia de que todos eram gays assim como eu também não compreendia o que isso significava naquela época. Tudo que eu sabia que é eu amava estar rodeada por essas pessoas generosas, divertidas e amáveis que minha mãe tinha ao redor dela. Eu definitivamente dou crédito para ela por ter me criado em um ambiente tão aberto e sem julgamentos. Ela também me surpreendeu no meu aniversário de 16 anos com uma apresentação da drag queen mais linda cantando minha canção favorita. Eu não acho que a maioria das pessoas de 16 anos podem dizer isso!

Meu co-autor Justin Tranter (que escreve músicas com a Sel) não podia acreditar que nunca tinha assistido ao documentário da Madonna, Truth or Dare, então, enquanto estávamos no México, ele sentou comigo para que eu assistisse com ele. Eu amei e fiquei especialmente impressionada com o quão inovador o filme foi para para o movimento dos direitos dos homossexuais e também o quão longe os direitos LGBT chegaram durante minha vida. Ainda há uma parte significante de trabalho para fazer e eu aguardo com ansiedade pelo dia em que uma pessoa não sera julgada, discriminada ou temida por sua sexualidade”

Boa, Sel!

Publicidade