Scott Pilgrim Contra o Mundo é literalmente uma luta pelo amor

Baseado nos quadrinhos de Bryan Lee O'Malley, filme tem Michael Cera como protagonista

Por Bruno Dias Fotos: Divulgação Atualizado em 17 ago 2016, 16h14 - Publicado em 16 Maio 2015, 11h20

Nunca a frase “lutar pelo seu amor” teve tanto sentido quanto em Scott Pilgrim Contra o Mundo (2010), filme baseado nos quadrinhos Scott Pilgrim criados por Bryan Lee O’Malley .

Michael Cera dá vida a Scott, um cara meio preguiçoso que vive em Toronto, no Canadá, e que tem uma única preocupação na vida: tocar em sua banda, o Sex Bob-omb. Logo que começa o namoro com a estudante colegial Knives Chau (Ellen Wong), mesmo contra a vontade de seus amigos, um encontro acaba mudando completamente a sua vida.

Ele se apaixona à primeira vista pela entregadora de cabelo rosa Ramona Flowers (Mary Elizabeth Winstead), mas assim que começa a sair com ela – mesmo sem ter terminado com Knives Chau -, Scott Pilgrim tem um duro desafio pela frente para ficar com sua nova paixão: derrotar os sete ex-namorados dela, que formam a A Liga dos Sete Ex-namorados do mal .

É a partir dessas lutas de Scott com os ex da Ramona que a simples história de amor do enredo de Scott Pilgrim Contra o Mundo ganha seu charme, trazendo cenas rápidas de lutas, misturando o universo dos games . A batalha final de Scott com Gideon Gordon Graves (Jason Schwartzman) deixa isso bem claro, com direito a superpoderes e vida extra.

Se você se empolgar com o filme, o que com certeza vai acontecer, corra atrás dos quadrinhos de Bryan Lee O’Malley, que foram lançados no Brasil pela Companhia das Letras.

Continua após a publicidade
Publicidade