Riverdale: Madelaine Petsch (Cheryl) se inspirou em Blair Waldorf

Conversamos com a vilã ruivinha nos bastidores da série em Vancouver, no Canadá

Por Bruno Dias Atualizado em 27 fev 2017, 17h12 - Publicado em 27 fev 2017, 17h08
Fotos: Divulgação/ Warner Channel
Fotos: Divulgação/ Warner Channel

“Vocês vão amar odiar a Cheryl [Blossom]”, quem assiste Riverdale certamente concorda com essa afirmação de Madelaine Petsch. Conforme os episódios vão passando, é impossível não ter essa confusão de sentimentos ao ver a evolução da vilã ruivinha da série, que esconde os segredos de sua relação com irmão Jason Blossom (Trevor Stines) – ela inclusive é uma das suspeitas de seu assassinato -, e traz um quê de Blair Waldorf, de Gossip Girl, personagem que serviu de inspiração para a interpretação de Madelaine. .

“No começo eu meio que me inspirei, porque ela tem essa coisa de Blair nela. Mas a beleza da Cheryl é que ela não é uma vilã que estamos acostumados a ver na TV, e nem estou falando isso porque sou eu quem a interpreta”, explicou Madelaine Petsch à CAPRICHO, durante conversa com jornalistas da América do Sul no set de filmagem de Riverdale, em Vancouver, no Canadá “Você já vê o tipo de montanha-russa emocional que ela vive logo no segundo episódio. Ela precisa lidar com a morte do irmão ao mesmo tempo que também é suspeita do assassinato, tem que lidar com tanta coisa em tão pouco tempo.”

cheryl-blossom-riverdale1

Antes de pegar o papel em Riverdale, Madelaine contou que fez teste para atuar em Legends of Tomorrow, o que a colocou no radar do pessoal da CW. Os produtores gostaram e viram nela uma potencial Cheryl, algo que se confirmou meses depois.

“Sempre quis fazer uma vilã e em Riverdale tenho a chance de ser vilã. A melhor parte deste papel é que posso descontar toda a minha raiva nos meus colegas de elenco porque faz parte do roteiro”, brincou a atriz. “Cheryl é má com todos e a beleza da minha personagem é que há uma razão para isso. Os roteiristas mostram como essas atitudes são um reflexo do modo como os pais dela a tratam. E, agora, a única pessoa que realmente a amava incondicionalmente, seu irmão, morreu. Ela está devastada e tudo o que ela tem essa máscara, essa fachada que criou para si. No quinto episódio veremos as explicações para essas coisas e veremos como isso a afeta. Talvez faça as pessoas mudarem de opinião sobre ela.”

cheryl-blossom-riverdale2

Determinada desde pequena

Madelaine Petsch colocou na cabeça quando criança que seria uma atriz e se preparou para isso, sem nunca pensar em fazer outra coisa. Estudou em uma escola de artes no estado de Washington, nos Estados Unidos, e, aos 18 anos, se mudou para Los Angeles, para tentar a sorte como atriz.

“Sempre soube desde os meus seis anos de idade que eu iria ser uma estrela, não sabia como isso ia acontecer, mas iria rolar um dia. Sempre adorei me apresentar, com três anos eu já dançava. Sempre que podia eu me apresentava, dançando, cantando ou atuando”, revelou a atriz. “Após passar uns quatro anos fazendo testes, finalmente consegui o papel dos meus sonhos.”

* A CAPRICHO viajou a Vancouver, no Canadá, a convite do Warner Channel.

Continua após a publicidade
Publicidade