Rafa Vitti responde críticas após comprar galocha do Batman para filha

O ator deu a melhor resposta a quem disse para ele que o presente era "de menino"

Por Gabriela Zocchi - 2 ago 2019, 13h09

A filha de Tatá Werneck e Rafa Vitti ainda vai demorar um pouquinho para nascer, mas ela já pode ter uma certeza: a de que terá pais superconscientes e dispostos a criá-la sem rótulos! Nesta quinta-feira (1), o ator não se aguentou e postou uma foto de um presentinho que comprou para a baby usar quando for mais velha: galochas do Batman.

“Eu queria não ser um pai consumista, mas fica difícil quando a gente vê coisitas assim… Levei a galochinha. Alguém também não se segura e acaba comprando mais coisas do que deveria?”, compartilhou Rafa em seu Instagram.

View this post on Instagram

Eu queria não ser um pai consumista, mas fica difícil quando a gente vê coisitas assim… levei a galochinha. Alguém também não se segura e acaba comprando mais coisas do que deveria? Se sim, vocês realmente usaram o que foi comprado? ficou esquecido? #paidemenina #paideprimeiraviagem

Continua após a publicidade

A post shared by Rafael Vitti (@rafaavitti) on

Acontece que alguns seguidores questionaram o fato dele ter comprado um produto de um super-herói homem para uma menina, e Rafa logo respondeu os comentários.

“Super-heróis são para todos. A Tatá, por exemplo, ama o Batman. Eu gosto da Mulher-Maravilha. Temos que parar com essa ideia de ‘coisa de menino’, ‘coisa de menina’. Isso limita as possibilidades”, começou ele. “Já existem muitos estudos que falam sobre como esse tipo de pensamento prejudica o desenvolvimento das crianças. Às vezes uma menina tem muita aptidão pra futebol e poderia ser uma excelente jogadora, mas como ela vai poder desenvolver essa habilidade se futebol é ‘coisa de menino’? Crianças são crianças, merecem um ambiente de liberdade e tolerância”, completou.

Continua após a publicidade
rafa-vitti-responde-galochas-do-batman
Rafa Vitti responde seguidora que o criticou por comprar galochas do Batman para a filha Reprodução/Instagram

Aulão, né?

Publicidade