Paris Jackson reclama de ator branco que vai interpretar seu pai

Série colocou o ator Joseph Fiennes para dar vida ao cantor, que era negro

Por Gabriela Zocchi - Atualizado em 13 jan 2017, 16h38 - Publicado em 13 jan 2017, 16h06

Uma polêmica tomou a internet nesta semana. Há cerca de um ano, foi anunciado que um canal de TV britânico faria uma série chamada Urban Myths, que retrataria algumas histórias curiosas sobre personalidades famosas como Elizabeth Taylor, Bob Dylan, Adolf Hitler e Michael Jackson.

Frazer Harrison/Equipa
Frazer Harrison/Equipa Getty Images

Na época, foi anunciado que quem interpretaria o ~rei do pop~ seria o ator Joseph Fiennes, que é branco. Acontece que, durante sua vida, Michael disse diversas vezes que, se fizessem um filme sobre ele, ele gostaria de ser interpretado por um ator negro, apesar de, ao longo da vida, ele ter ficado com a pele mais clara por causa de doenças como vitiligo.

Nesta semana, o trailer de Urban Myths foi lançado e retomou a discussão com os fãs de Michael, já que Joseph Fiennes aparece na pele do cantor em uma cena que mostra ele e os atores Elizabeth Taylor e Marlon Brando em uma roadtrip.

Em meio a tanta polêmica, Paris Jackson, a filha de Michael, decidiu expressar sua opinião sobre a produção. “Estou incrivelmente ofendida por isso e tenho certeza de que muitas pessoas se sentem assim também. Honestamente, isso me faz querer vomitar”, escreveu a garota em seu Twitter.

https://twitter.com/ParisJackson/status/819310838708256769

Continua após a publicidade

Ela continuou: “Fico brava ao ver como eles decidiram fazer esses insultos de forma obviamente intencional, não apenas ao meu pai, mas à minha madrinha Liz (em referência a Elizabeth Taylor). Onde está o respeito? Eles deram seus sangues e suas lágrimas por anos para criar legados profundos e memoráveis. Isso é um retrato vergonhoso”, reclamou.

https://twitter.com/ParisJackson/status/819312995310260224

https://twitter.com/ParisJackson/status/819313438358847489

De acordo com Paris, Michael sempre teve orgulho de sua origem e sua pele e não teria aprovado o elenco para o filme. Em uma entrevista a Oprah Winfrey em 1993, o cantor respondeu a rumores de que teria pedido que um garoto branco o interpretasse em um comercial. “Por que eu iria querer uma criança branca me interpretando? Eu sou um americano negro. Eu tenho orgulho de ser negro. Tenho orgulho de minha raça e de quem eu sou”, respondeu.

ATUALIZAÇÃO: Após as críticas de Paris, a emissora Sky Arts, responsável pela série, optou por cancelar o episódio que mostraria Michael Jackson.

 

promo-volta-as-aulas2017

 

Continua após a publicidade
Publicidade