Neymar desabafa em comercial: “Eu não caí. Eu desmoronei”

Em vídeo publicitário, atacante faz desabafo e pede apoio dos torcedores

Por Da Redação 30 jul 2018, 11h53
neymar-video-desabafo-gillette
“Eu caí, mas só quem cai pode se levantar”, falou Neymar em vídeo publicitário YouTube/Reprodução

Como nada é comum na vida de Neymar, ele resolveu rebater as críticas e desabafar sobre os últimos acontecimentos de sua carreira através de um vídeo publicitário, feito pela Gillette, um de seus patrocinadores. O depoimento de Ney, em que ele diz que “não caiu, mas desmoronou”, veio três semanas após a eliminação da seleção brasileira na Copa do Mundo da Rússia.

“Trava de chuteira na panturrilha, joelhada na coluna, pisão no pé. Você pode achar que eu exagero, e às vezes eu exagero mesmo. Mas a real é que eu sofro dentro de campo. Agora, na boa, você não imagina o que eu passo fora dele”, fala Neymar no vídeo, que traz uma sua série de colagens com imagens do jogador. “Quando eu saio sem dar entrevista, não é porque eu só quero os louros da vitória, mas porque eu ainda não aprendi a te decepcionar. Quando eu pareço malcriado, não é porque eu sou um moleque mimado, mas é porque eu não ainda aprendi a me frustrar. Dentro de mim ainda existe um menino. Às vezes ele encanta o mundo, e às vezes ele irrita todo mundo.”

  • O vídeo tem 1 minuto e 30 segundos de duração, e mostra até imagens de Neymar rolando em campo, algo que acabou virando um dos maiores memes da Copa. No depoimento, o atacante chega a dizer que “luta para manter esse menino vivo, mas dentro de mim, e não dentro de campo”. “Você pode achar que eu caí demais, mas a verdade é que eu não caí. Eu desmoronei”, afirma. “Isso dói muito mais do que qualquer pisão ou tornozelo operado. Eu demorei para aceitar as suas críticas, eu demorei para me olhar no espelho e me transformar em um novo homem, mas hoje eu estou aqui, de cara limpa e de peito aberto.”

    https://www.youtube.com/watch?v=lJRjk0SGcqQ

    No encerramento, Neymar pede apoio aos torcedores brasileiros para “se levantar”: “Eu caí, mas só quem cai pode se levantar. Você pode continuar jogando pedra, ou pode jogar essas pedras fora e me ajudar a ficar de pé. E quando eu fico de pé, ‘parça’, o Brasil inteiro levanta comigo”.

    Faz 14 horas que o vídeo do atacante do PSG está no ar e ele acumulou cerca de 211 mil visualizações no YouTube.

    Continua após a publicidade
    Publicidade