Netflix está sendo processada em R$ 26 milhões por O Gambito da Rainha

A enxadrista Nona Gaprindashvili entrou com ação contra frase considerada sexista

Por Djenifer Dias 16 set 2021, 17h44

Se você assistiu ao seriado O Gambito da Rainha, protagonizado pela Anya Taylor-Joy, da Netflix, provavelmente deve se lembrar de uma cena na qual a enxadrista Nona Gaprindashvili é citada.

GIF escrito
GIF/CAPRICHO

O diálogo acontece no final da temporada, quando um comentarista de xadrez cita Nona na seguinte frase: “A única coisa incomum sobre ela [Harmon] realmente é seu gênero. E mesmo isso não é único na Rússia. Há Nona Gaprindashvili, mas ela é a campeã mundial feminina e nunca enfrentou homens.”

Segundo o The Hollywood Reporter, os representantes legais da enxadrista consideraram essa frase sexista. “A Netflix descaradamente mentiu sobre as conquistas de Gaprindashvili pelo propósito barato e cínico de ‘elevar o drama’ por fazer parecer que sua heroína fictícia conseguiu fazer o que nenhuma outra mulher, incluindo Gaprindashvili, havia feito“, afirma a defesa de Nona.

  • Cena de o gambito da rainha com três personagens na imagem.
    O gambito da rainha Phil Bray/Netflix/Divulgação

    Outro fator que causou grande desconforto foi a nacionalidade da profissional ter sido alterada na série. “A Netflix ainda descreveu Gaprindashvili como russa, mesmo sabendo que ela é georgiana, e que os georgianos sofreram sob a dominação russa quando eram parte da União Soviética e têm sido atacados e invadidos pela Rússia, desde então.”

    A enxadrista pede na justiça US$ 5 milhões (aproximadamente R$ 26 milhões) e que a fala seja retirada da produção. A empresa de streaming também se pronunciou sobre o assunto no The Hollywood Reporter dizendo que, apesar de respeitar Nona Graprindashvili, não concorda com a queixa. “A Netflix tem o maior respeito pela senhora Gaprindashvili e sua ilustre carreira, mas acreditamos que essa queixa não tem mérito e vamos defender essa posição vigorosamente.”

    O que você dessa história?

    Continua após a publicidade
    Publicidade