Miley Cyrus entrega uma pegada punk rock em Plastic Hearts que nós amamos | Capricho

Miley Cyrus entrega uma pegada punk rock em Plastic Hearts que nós amamos

Após muita espera, a cantora nos entrega um álbum cheio de atitude

Por Vitória Macedo Atualizado em 27 nov 2020, 18h46 - Publicado em 27 nov 2020, 14h39
colecao capricho sestini mochila bolsas
CAPRICHO/Sestini/Reprodução

Esperamos meses até finalmenteMiley Cyrus lançar seu novo álbum, Plastic Hearts bem na semana em que completou 28 anos. E está fazendo o maior sucesso! A cantora está em um dos melhores momentos de sua carreira, com um projeto diferente de tudo o que já entregou, após sua passagem pelo família country com Younger Now  de 2017. Agora a artista entrega uma carta de amor ao cenário punk rock. 

  • O álbum conta com parcerias icônicas com Dua Lipa em Prisioners, cujo clipe foi lançado semana passada,  Billy Idol e Joan Jett.

    Segundo Miley, o álbum foi moldado pelo seu divórcio com o ator Liam Hemsworth, que acabou no início de 2020, pela perda de sua casa em Malibu na Califórnia com os incêndios florestais e sua luta com o vício. 

    Em entrevista para a Apple Music, a cantora disse que está em um momento de “tortura do artista”, em busca de um conflito criativo. Amamos a forma como Miley se reinventa em cada projeto. 

    A artista revela um lado político e feminista. Músicas como Bad karma e Golden G string, tem como inspiração o presidente dos Estados Unidos Donald Trump. “Fala sobre as pessoas que têm ódio de artistas ousados mas absolvem um presidente que diz pegar as mulheres por ‘lá’”, conta ela.

    E é claro que o visual também acompanha essa jornada ao punk rock. Os looks de Miley estão incríveis, uma viagem aos anos 80 com muito glamour e rock and roll.

    Ouça o álbum na sua plataforma de música favorita. 

    Conta pra gente de qual música você mais gostou. 

    Continua após a publicidade
    Publicidade