Me sinto como um menino de 15 anos preso no corpo de uma menina de 22, diz Miley

Cantora também falou sobre sua relação com o dinheiro

Por Fernanda Lopes Atualizado em 17 ago 2016, 16h55 - Publicado em 10 ago 2015, 14h10

Miley Cyrus parece super segura, confiante e realizada com seu corpo, suas atitudes e suas opiniões sobre temas polêmicos, né? Mas a verdade é que, apesar de parecer uma menina super nem aí e de boa com a vida, ela também teve dificuldades para lidar com sua aparência e leva a sério as ideias em que acredita.

Em entrevista à revista Marie Claire, ela afirmou: “Me sinto como um menino de 15 anos preso no corpo de uma menina de 22 anos”. Suas incertezas sobre sua sexualidade e seu look foram alguns dos motivos pelos quais ela criou a Happy Hippie Foundation, uma organização que tem como objetivo ajudar jovens em situações de vulnerabilidade a combaterem a injustiça e o preconceito.

“Muitos de nós nascemos rodeados de coisas ruins, sabe? Recentemente, eu tenho falado sobre essa questão da neutralidade e fluidez de gênero. E algumas pessoas torcem o nariz para isso. Elas querem me julgar. Algumas pessoas precisam de modelos mais convencionais, eu acho. Mas eu não me importo em ser essa pessoa”, ela explicou.

Outra coisa com que Miley afirma não se importar tanto: dinheiro. “As pessoas ficam mais famosas para que elas possam deixar suas marcas mais famosas, para que elas possam vender mais, para que elas possam ganhar mais dinheiro. É um ciclo sem fim. Ganhar mais dinheiro, ter mais hits, ser a protagonista de um filme – essas coisas podem te estimular, mas elas não te fazem mais feliz. Eu já passei por isso e eu falo em primeira mão: não funciona”, declarou Miley, sempre polêmica!

Continua após a publicidade
Publicidade