Marcos pediu e foi pro paredão com o Ilmar

Numa estratégia suicida, o médico preferiu ser emparedado com o melhor amigo

Por Danih - Atualizado em 3 abr 2017, 11h08 - Publicado em 3 abr 2017, 06h25

Não sei o que se passa na cabeça desse Marcos. Sério! A briga da Emilly com o Ilmar continuou durante o domingo… Aí, na prova da comida (agora estão todos no Tá com tudo e cheios de estalecas, inclusive), o Ilmar pediu pra conversar com o Marcos.

Legal? Legal. “Vamos conversar pra voltar a ser amiguinhos” e tal… Só que não! Ilmar e Marcos entraram numa discussão que só foi pacifica porque são dois homens. Vamos ser sinceras aqui? Com a Emilly, ou outra mulher com quem brigaram lá dentro, tipo a Roberta, a Ieda, eles levantam a voz, não deixaram falar, ficaram fazendo piadinha pra ridicularizar o argumento. Enfim, com outro homem é bem diferente. É machismo que chama isso.

C8dKPC_WsAAGWVl.jpg

E foi o que aconteceu quando a Emilly ouviu o nome dela sendo citado: se meteu e gerou uma gritaria. Foi desnecessária a briga toda, de todos os ângulos possíveis. Ilmar chamou Emilly de verme, ela o chamou de ganancioso e Marcos ficou quieto. Além de desafiar Emilly e pedir para ir ao paredão, Ilmar também contou com a (falta de) lealdade do Marcos, que mais tarde no quarto do líder, sabendo que seria indicado pela casa, disse que preferia ir com ele.

Ninguém acreditou que ia acontecer, mas Emilly é dessas, né? Chegou na frente do Tiago e indicou mesmo, sem se importar com o futuro do seu jogo. Ieda, Vivian e Marinalva votaram no Marcos, enquanto ele e Ilmar votaram em Marinalva e Ieda, respectivamente.

Continua após a publicidade

C8dOXADXUAAW91S.jpg

E não parou por aí: Marcos e Ilmar tiveram uma DR, onde o Marcos fingiu que não sabia que ia pro paredão e tentou, mais uma vez, fazer o Ilmar conversar com a Emilly. Não aguento essa mania de querer que todo mundo fique bem com todo mundo. Não gosta e pronto, gente!

A Emilly ouviu um pedaço da conversa e foi tirar satisfação com o Marcos pouco antes de dormirem. Ela acha que Marcos não a defendeu como deveria (e não defendeu mesmo). Nessa hora ele foi agressivo, gritou, botou o dedo na cara… Ruim de ver, de verdade.

C8eQJozXUAI6dpC.jpg

Essa paredão parece que vai ser bem apertado e qualquer coisinha que aconteça nas próximas horas pode decidir o novo rumo do jogo. Nessa segunda tem Jogo da Discórdia. Não que precise, mas é sempre bom, né?

Continua após a publicidade
Publicidade