Lucas Lucco fala sobre depressão e síndrome do pânico: “Eu tinha medo de sair de casa”

O cantor participou do Encontro com Fátima Bernardes e falou um pouco sobre a doença

Por Equipe CAPRICHO|Fotos: Reprodução/GShow Atualizado em 24 ago 2016, 13h57 - Publicado em 11 Maio 2016, 16h50

No final do ano passado, Lucas Lucco surpreendeu os fãs ao cancelar, de última hora, sua participação no festival Loop 360º, em Curitiba. Um pouco depois, o cantor e ator revelou que sofria de doenças como depressão e síndrome do pânico e que, por isso, não tinha conseguido se apresentar no evento.

Nesta quarta-feira (11), o cantor foi um dos convidados do programa Encontro com Fátima Bernardes e falou mais um pouquinho sobre esses problemas. As coisas foram acontecendo e, quando eu vi, estava desse jeito (com depressão). Comecei a não conseguir ir a shows, a faltar nas gravações da novela… Foi a época em que não conseguia sair. Eu tinha medo de sair de casa“, revelou.

O pior é que esse tipo de doença é como uma ferida que ninguém pode enxergar. As pessoas não conseguem ver. Parece que ninguém te entende. Parece que seus pais não entendem, que as pessoas que te amam não entendem… Por mais que elas tentem definir o que está acontecendo com você, você sabe que é algo muito pior que isso e você não consegue dizer”, explicou Lucas.

O cantor disse ainda que conseguiu se recuperar através de sua fé, além, claro, da ajuda de seus pais, amigos e de alguns profissionais. Ele também lembrou que a depressão pode afetar qualquer pessoa. “O pessoal fala: ‘como assim ele teve depressão e síndrome do pânico? Ele tem tudo, é artista, conseguiu tudo o que queria’ Mas não é assim. Você pode ser rico, pobre, de qualquer cor. A doença não escolhe. Ela entra na sua vida e pronto”.

Que difícil, né? Mas ainda bem que ele está feliz agora. Stay strong, Lucas!

Continua após a publicidade
Publicidade