Louca Por Séries: 9 atores que foram demitidos do próprio seriado

Independente da história que está sendo contada, às vezes não tem outro jeito

Por Priscila Harumi 10 jun 2018, 14h15

Nessa última semana, não se fala sobre outra coisa no mundo da TV se não o fato da ABC ter demitido a Roseanne Barr, protagonista da série Roseanne, que tinha acabado de voltar em um revival e era uma das séries mais assistidas do canal. O motivo? Um tweet super preconceituoso sobre Valerie Jarrett, um ex-conselheira política de Barack Obama, que é afrodescendente. Roseanne, que é de direita, atacou Valerie fazendo comparações dela com o Planeta dos Macacos.

ABC/Divulgação

Roseanne, republicana e que apoia Trump abertamente, tentou se desculpar, mas a emissora decidiu que era tarde demais e cancelou a série, uma das maiores do canal. A polêmica foi enorme nessa última semana, com ambos os lados expondo suas ideias e visões de mundo. Fato é que Roseanne era a protagonista da série (que foi um sucesso no começo dos anos 90) e não teria como continuar a série sem ela, por isso a emissora decidiu cancelar tudo de uma só vez.

ABC/Divulgação

E essa nem foi a única demissão complicada dessa temporada. A FOX teve que demitir um dos principais atores de uma das maiores séries de audiência deles também. Pensando nisso, decidi reunir os atores que foram demitidos das próprias séries e que deram trabalho para quem estava lidando com a situação:

1) Clayne Crawford, de Máquina Mortífera

FOX/Divulgação

Quem diria que os parceiros Riggs e Murtaugh de Máquina Mortífera se odiavam fora das câmeras? Clayne Crawford e Damon Wayans deram vida aos dois famosos policiais da franquia de filmes para esse remake na FOX. A série rapidamente se tornou uma das mais assistidas do canal e depois de duas temporadas, fomos surpreendidos com a demissão de Crawford. O motivo? Ele criou um ambiente hostil e insustentável para todos que estavam trabalhando na série.

Um vídeo vazou em que mostra os dois brigando com agressões verbais fortes e outro de Crawford perdendo a cabeça e gritando com a equipe enquanto dirigia uma cena. A situação era tão tensa, que tinha um segurança no set para que não tivesse uma briga física. Crawford reconheceu o erro depois de ser demitido e substituído por Seann William Scott, que conhecemos como Stifler de American Pie.

2) Isaiah Washington, de Grey’s Anatomy

ABC/Divulgação

Quem não se lembra da saída de repente do dr. Preston Burke? Lá em 2006, surgiram rumores de que Isaiah teria insultado T.R. Knight, o dr. George O’Malley, no set com uma palavra homofóbica e causado uma briga com Patrick Dempsey, o dr. Derek Shepherd. Em janeiro, quando eles ganharam o Globo de Ouro, Isaiah tentou se desculpar publicamente com T.R. mas utilizou a palavra homofóbica novamente. Meses depois, ele foi demitido pela emissora e admitiu que realmente tinha acontecido. Somente sete anos depois, ele fez uma participação especial na série e deu fim ao seu personagem.

3) Shannen Doherty, de Charmed e Barrados no Baile

FOX/Divulgação

Ela conseguiu ser demitida de duas séries! Em Barrados no Baile/Beverly Hills, 90210, ela foi demitida por mal comportamento. Jason Priestly, que interpretava Brandon Walsh, irmão dela na série, afirmou que era surreal trabalhar com a atriz em um livro que escreveu sobre essa época. Já em Charmed, a atriz era uma das irmãs bruxas, uma das protagonistas, e dizem que a briga com a atriz Alyssa Milano ficou tão intensa que acabou resultando na demissão de Doherty.

4) Columbus Short, de Scandal

ABC/Divulgação

Um dos gladiadores de Olivia Pope cometeu um crime que nem mesmo a fixer conseguiria consertar. Short interpretava Harrison Wright por três temporadas e foi demitido por causa da sua vida pessoal. A esposa do ator entrou com um pedido de afastamento depois de ter sofrido diversos abusos físicos e ameaças de morte. Ele teve que responder a um processo de violência doméstica e abuso infantil na justiça. Em 2014, a emissora decidiu demiti-lo antes que as coisas afetassem a série mais diretamente.

Continua após a publicidade

5) Nicolette Sheridan, de Desperate Housewives

ABC/Divulgação

Essa é uma situação que ainda não temos total certeza. A personagem dela morreu na trama e depois disso, ela entrou na justiça alegando que tinha sido sofrido um abuso físico no set e por isso, decidiram demiti-la. O criador da série desmentiu dizendo que só tocou na cabeça dela para dirigir uma cena e que a morte da personagem já estava planejada antes dessa acusação de abuso. Ela ainda continuou com outro processo, acusando a ABC de ter um ambiente hostil de trabalho e está tentando provar na justiça que essa demissão/corte foi injusta.

6) Charlie Sheen, de Two and a Half Men

CBS/Divulgação

Um dos casos mais polêmicos da história da TV! Quem não se lembra do papelão que foi Charlie Sheen em uma trajetória de autodestruição que levou a demissão do ator da série de sucesso? Os problemas foram dentro e fora do set, ele foi acusado de abuso de alcool e drogas, chegar atrasado para as gravações, não estar preparado, atacar verbalmente o criador da série Chuck Lorre e o ator Jon Cryer. Ele foi demitido e substituído por Ashton Kutcher, que ficou na série por mais quatro temporadas.

7) Kevin Spacey, de House of Cards

Netflix/Divulgação

Em outubro de 2017, o ator que deu vida a um dos personagens mais sensacionais da TV foi acusado de assédio sexual de um garoto menor de idade anos atrás. Ele pediu desculpas, mas não assumiu que tinha feito nada de errado. A Netflix primeiro o suspendeu como protagonista e produtor. E como a próxima temporada já estava planejada para ser a última, eles demitiram o ator e ele não irá participar do final, que terá Robin Wright como a protagonista.

8) Danny Masterson, de The Ranch

Netflix/Divulgação

A Netflix ainda teve que tomar outra decisão de demissão quando vieram à tona os relatos de assédio sexual (incluindo esturpro) contra Danny Masterson, um dos protagonistas de The Ranch, junto com Ashton Kutcher. Em dezembro de 2017, no ápice do movimento #MeToo, a Netflix demitiu o ator, que será substituído por Dax Shepard, amigo pessoal de Kutcher.

9) Janet Hubert, de Um Maluco no Pedaço

NBC/Divulgação

Uma das zueiras recorrentes da série eram lembrar que a produção trocou a tia Vivian e fingiu que nada aconteceu. Janet interpretava a personagem, mas foi demitida e substituída por Daphne Maxwell Reid, que interpretou a mesma personagem. Dizem que o motivo da demissão foi porque Janet tinha brigas recorrentes com Will Smith e os dois se odiavam. Até hoje, a atriz fala que o motivo da sua demissão – e praticamente o fim da sua carreira -, foi culpa do Will Smith. O ator nem toca no assunto.

Lembra de algum outro caso? Vem conversar comigo sobre séries no Instagram @priharumi | Twitter @priharumi | TV Showtime priharumi

Continua após a publicidade
Publicidade