Louca Por Séries: 6 melhores e mais assustadores psicopatas da TV

Esse transtorno psicológico é um recurso para a criação de alguns dos melhores vilões do mundo das séries

Por Priscila Harumi 1 jul 2018, 13h45

Finalmente comecei a assistir Killing Eve, a série que marca a volta da Sandra Oh para a TV, depois de viver mais de uma década a eterna Dra. Cristina Yang em Grey’s Anatomy. A série mostra Eve (Sandra Oh) entrando no mundo da espionagem britânica, quando começa a perseguir uma perigosa assassina psicopata, Villanelle, vivida por Jodie Comer. A série é criação de Phoebe Waller-Bridge, que também é atriz e arrasou super em Fleabag (que já indiquei aqui algumas vezes).

BBC America/Divulgação

Por mais interessante que seja acompanhar Sandra Oh de volta no mundo das séries, a personagem Villanelle é hipnotizante. Claramente uma psicopata (apesar de eu não ter terminado a série, está bem óbvio), ela é egocêntrica, impulsiva, altamente antissocial, precisa constantemente ser excitada e demonstra uma incapacidade enorme de empatia e sentimentos. Ou seja, uma psicopata treinada para ser uma assassina fria, cruel e sem deixar rastros.

Obrigada BBC America/Divulgação

Eu gosto desses personagens porque mostram um vilão inteligente, articulado, objetivo. Eu ainda não terminei Killing Eve, mas a série é super recomendada tanto que está liderando a disputa no TCA Awards, a premiação dos críticos de TV, com 5 indicações. Por esse motivo, decidi relembrar os melhores psicopatas que já passaram pela TV e volto correndo para terminar os 8 episódios da série da BBC America.

1) Joffrey Baratheon, de Game of Thrones

HBO/Divulgação

Um vilão que conseguiu juntar o mundo em seu ódio em comum por ele. Nunca tinha visto tanta comemoração depois da morte de um personagem! Desde antes de se tornar rei, Joffrey era um babaca mimado. Quando teve poder, se tornou um rei cruel que tinha todas as características de um transtorno psicológico e social: hostilidade, insensibilidade, antagonista, impulsivo, sem paciência e sem um pingo de empatia por qualquer pessoa. Que alívio ver esse monstro engasgar com o próprio vômito e morrer sufocado e lentamente.

2) T-Bag, de Prison Break

FOX/Divulgação

Conhecemos T-Bag na cadeia junto e logo percebemos que ele não tem nada de normal. Apesar da história de vida super pesada (ele é fruto de um estupro da sua irmã pelo pai e ele mesmo sofreu diversos abusos sexuais), T-Bag é manipulador e assustador. Ele foi preso por sequestro, estupro e assassinato, além de ter um prazer em necrofilia e pedofilia. Ele é perigoso, inteligente e articulado, o que torna tudo ainda mais assustador e sempre deixa a gente desconfiada de estar envolvido nos planos de Michael de fugir da prisão.

3) Jim Moriarty, de Sherlock

Sentiu minha falta? BBC/Divulgação

O melhor vilão de Sherlock! Como esquecer o carismático, inteligente e por vezes, super engraçado psicopata que atormenta a vida de Sherlock e Watson? Um gênio do crime, Moriarty é sádico e um completo psicopata. Ele é inteligente, tem mania de grandiosidade, incapacidade de remorso, arrogância e um alto nível de autoconfiança que não é nada saudável. Um vilão a altura de Sherlock, que também tem traços de psicopatia antisocial, mas que não chega a ser violento nem deixa de ter empatia (graças a Watson).

Continua após a publicidade

4) Dexter Morgan, de Dexter

Showtime/Divulgação

O famoso serial killer que matava serial killers! Dexter Morgan era metódico e tinha essa dupla personalidade perigosa, ao manter uma vida praticamente normal longe da personalidade assassina que escondia do mundo. Ele não sente remorso, não tem empatia pelas vítimas e sente uma necessidade de dominância através dos seus comportamentos violentos.

5) Norman Bates, de Bates Motel

A&E/Divulgação

Ah que saudaes dos Bates! Essa série é uma das melhores da TV e teve tão pouco reconhecimento. Norman Bates é o famoso psicopata do filme de Alfred Hitchcock, Psicose. Na TV, conhecemos também a mãe de Norman, interpretada pela excepcional Vera Farmiga, e como já sabemos o final da história pelo filme, não conseguimos acreditar que Norman um dia mataria Norma. Norman tem uns apagões e apesar de Norman ter empatia, quando ele assume a identidade da mãe, ele se transforma em um psicopata cruel e insensível. Simplesmente chocante e hipnotizante.

6) Frank Underwood, de House of Cards

Netflix/Divulgação

Imagina todas essas características de um psicopata no poder, comandando o cargo mais poderoso do mundo? Frank Underwood, que no começo da série era somente o líder da Casa, consegue manipular e até mesmo matar, quem estiver no seu caminho e que ouse impedir ele de conquistar o poder. Ele vê pessoas como objetos e como um bom psicopata, ele não tem remorso nem empatia por ninguém.

Vem conversar comigo sobre séries no Instagram @priharumi | Twitter @priharumi | TV Showtime priharumi

Continua após a publicidade
Publicidade