Larissa Manoela e Thati Lopes falam de sonhos em Diários de Intercâmbio

A nova comédia da Netflix conquistou 1º lugar do Top 10 Brasil da plataforma e os fãs estão repercutindo os melhores momentos nas redes sociais

Por Da Redação Atualizado em 21 ago 2021, 21h46 - Publicado em 21 ago 2021, 21h18

(Alerta! Essa matéria contém – leves – spoilers de Diários de Intercâmbio)

de um lado, o hidratante, o perfume e a máscara facial hello stars, dispostos lado a lado. De outro, as frases: Cada estrela é única, como você. Conheça a nova linha Hello Stars. Todos os elementos estão em um fundo azul escuro com estrelas que brilham
CAPRICHO/Divulgação

O novo filme brasileiro da Netflix chegou com tudo! Diários de Intercâmbio, protagonizado por Larissa Manoela e Thati Lopes, é uma história que fala sobre sonhos, desafios e amizade. Tudo isso com muitos momentos engraçados e divertidos.

Lançada na última quarta-feira (18/8), a comédia já conquistou o primeiro lugar das produções mais assistidas na plataforma de streaming no Brasil, trazendo um enredo que acompanha Bárbara e Taila. As duas jovens são melhores amigas e trabalham no aeroporto do Rio de Janeiro. Bárbara sempre sonhou em viajar para fora do Brasil enquanto Taila não tem a mesma vontade.

Quando a ideia de fazer um intercâmbio surge, a personagem de Lari faz de tudo para convencer a amiga de acompanhá-la. É assim que as duas embarcam juntas em uma jornada que vai te conquistar. Confira o trailer:

Nas redes sociais, o pessoal está reagindo ao novo filme da Netflix e comentando todas as reviravoltas, que cá entre nós, são muitas! Além disso, a amizade entre as personagens também é um ponto de destaque, já que as duas entregam várias cenas muito engraçadas, e outras mais emotivas, durante a trama.

E não dá para falar de filme de uma comédia que envolve viagem sem citar um perrengue, né? Na produção, Taila ainda está aprendendo inglês, passando por alguns momentos complicados por conta do idioma, e parece que Thati já viveu situações parecidas fora das telas: “Minha vida é viajar e passar perrengue por conta da língua. Já viajei sozinha e perdi o passaporte dentro do aeroporto. Me expliquei numa mistura de Português, Espanhol, Inglês e uma língua nova que criei na hora, tudo junto com uma mímica horrorosa”, revelou a atriz para CAPRICHO.

Outro ponto que está chamando bastante a atenção da galera são os acontecimentos inusitados e as reviravoltas surpreendentes apresentadas durante o longa. Alguns desenvolvimentos deixaram muita gente chocada, aliás, a própria Thati disse que ficou de “queixo caído” enquanto Lari contou que ficou bem impactada: “É tão bom quando a gente vê um filme que nos surpreende, que tem uma reviravolta que faz a gente até voltar as cenas para rever e sentir novamente o impacto. Acho que foi isso que senti, um frio bom na barriga”, afirmou.

E como um intercâmbio é sobre aprender coisas novas e amadurecer, as atrizes também compartilharam quais foram os maiores aprendizados de suas personagens no decorrer do enredo: “Se permita! Às vezes você se descobre dentro de um sonho que nem era seu. E nada é uma verdade absoluta. A gente muda, o mundo muda, as opiniões mudam”, disse Thati sobre Taila.

“A gente quis contar uma história de ficção, mas com informações que se aproximassem da realidade de quem sai do país ou de quem tem esse sonho. Acho que o maior aprendizado é esse, entender a realidade de quem vive lá fora e as expectativas de quem gostaria de viver essa experiência. Como atriz foi incrível fazer um filme em outro país, conhecer e interagir tantos profissionais do cinema”, declarou Lari sobre a trajetória de Bárbara.

Você, que já assistiu ao filme, percebeu algumas vozes conhecidas na trilha sonora? Acontece que as atrizes também participaram da trilha sonora do longa. “A música caminha na minha vida no mesmo ritmo da dramaturgia. Fico muito feliz e realizada quando consigo conciliar essas duas artes que tanto amo”, disse Larissa. Já Thati revelou que sentia falta da música: “Estava com saudade de cantar. Comecei minha carreira fazendo musicais e de um tempo pra cá não canto em lugar nenhum. A música é linda, gostosa de ouvir, amei o resultado”, declarou.

O filme ainda fala muito sobre sonhos e Lari mostrou o despertar da vontade de sua personagem em comissária de bordo, fazendo treinamentos e conhecendo mais sobre a profissão. “É uma profissão que povoa o nosso imaginário, né? Conheci pessoas muito generosas, que falaram sobre os desafios da carreira, os medos e as conquistas. O meu respeito e a minha admiração aumentaram por esses profissionais que fazem parte da rotina de tantos artistas que precisam rodar o país a trabalho”, disse a atriz.

Diários de Intercâmbio já está disponível na Netflix.

Continua após a publicidade
Publicidade