Kim Kardashian conta se Kylie é ou não sua barriga de aluguel

A terceira filha de Kim e Kanye West nasceu na última segunda-feira (15)

Por Gabriela Zocchi Atualizado em 19 jan 2018, 12h10 - Publicado em 19 jan 2018, 12h09
Promoção CAPRICHO Volta às Aulas 2018
Divulgação/CAPRICHO

No começo da semana, Kim Kardashian anunciou que sua terceira filha com Kanye West, gerada a partir de uma barriga de aluguel, havia nascido na madrugada de segunda-feira (15). Acontece que, a partir daí, os fãs começaram a criar algumas teorias malucas, entre elas a de que Kylie Jenner poderia ser a barriga de aluguel da irmã. De acordo com os boatos, Kylie está grávida há meses, mas ela ainda não confirmou nem negou nada. Além disso, na sexta-feira (12), fontes alegaram ter visto a it girl dando entrada num hospital em Los Angeles, supostamente em trabalho de parto. Tanta coincidência assim é um pouco suspeito, vai?

Foto:/Reprodução

Depois de muita especulação por parte da galera, Kim decidiu finalmente acabar com os boatos. Em seu aplicativo, ela postou um texto intitulado A verdade sobre minha decisão da gravidez, no qual explica que sua barriga de aluguel não está relacionada com ela de nenhuma forma.

“Depois de explorar muitas opções, Kanye e eu decidimos ter um filho através de uma concessora temporária de útero, que é o termo técnico para uma mulher que carrega um bebê com o qual ela não tem relação biológica alguma”, escreveu Kim. “Uma barriga de aluguel tradicional doa seu óvulo, que é inseminado artificialmente com o esperma do pai, e então carrega o bebê na barriga por toda a gestação. Como implantamos meu óvulo fertilizado na nossa concessora temporária, o bebê é biologicamente meu e do Kanye. Para que isso aconteça, você pode escolher alguém que conhece (para carregar o bebê) ou fazer através de uma agência, que foi o que Kanye e eu fizemos”, explicou.

kim-kanye-comemoram-3-anos-casados-disney-north
Reprodução/Instagram

Kim respondeu ainda às críticas de que ela teria optado por uma barriga de aluguel por ser mais fácil e não precisar enfrentar as mudanças que acontecem no corpo durante a gestação. “As pessoas acham que é melhor porque você não precisa lidar com as mudanças no seu corpo, as dores ou as complicações do parto – mas, para mim, foi muito difícil não poder carregar minha própria filha. Ainda mais depois de ter carregado North e Saint”, disse.

A esposa de Kanye West optou por ter seu terceiro filho através de uma barriga de aluguel porque sofre de uma condição médica chamada placenta acreta e seria muito arriscado para ela e para o bebê se ela tivesse engravidado mais uma vez.

Continua após a publicidade

Publicidade