Kendall Jenner sobre stalker: “Não me sinto segura na minha casa”

A modelo depôs contra homem que invadiu sua casa em agosto

Por Gabriela Zocchi - 14 out 2016, 13h08

As Kardashians não estão passando por um bom momento…Em agosto, um stalker invadiu a casa de Kendall Jenner em West Hollywood, na Califórnia, e obrigou a modelo a chamar a polícia. Shavaughn McKenzie, 25 anos, foi levado para a delegacia. Nesta semana, rolou o julgamento do caso e Kendall revelou mais detalhes sobre o susto em um testemunho na corte de Los Angeles.

Mike Coppola/Getty Images
Mike Coppola/Getty Images

A garota contou que encontrou McKenzie sentado na entrada de sua casa com a cabeça entre os joelhos e logo percebeu que algo estava errado. “Eu nunca esperaria ver alguém sentado na rua. Eu logo pensei que aquilo era estranho. Não fazia sentido”, disse, de acordo com o site E! News.

Kendall então pediu que o homem fosse embora e se lembrou de ter esbarrado com ele outras duas vezes, quando morava em sua casa anterior, em Westwood. “Eu estava chorando, estava gritando, estava surtando. Eu não sabia quais eram as intenções dele. Fiquei com medo”, declarou a garota.

View this post on Instagram

Continua após a publicidade

morning smog

A post shared by Kendall (@kendalljenner) on

“Eu não saí do meu carro. Estava aterrorizada. Estava traumatizada de verdade. Comecei a buzinar para ele e queria ter certeza que veria para onde ele foi. Ele saiu da frente do portão e eu desci o morro”, disse. Então Kendall chamou a polícia, que levou o homem para a delegacia.

Continua após a publicidade

O mais assustador é que o testemunho de Kendall rolou duas semanas após sua irmã, Kim Kardashian, ser feita refém de homens armados em um assalto a seu hotel em Paris.

Traumatizada com o ocorrido, Kendall explicou que não se sente segura. “Eu não quero viver assim. Eu não me sinto segura na minha própria casa”, disse no testemunho. Tenso, né?

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade
Publicidade