Justin Bieber estava sob efeito de maconha e remédios quando foi preso, aponta exame

Teste deu negativo para cocaína, ópio, metanfetamina e outras drogas

Por Bruno Dias Fotos: Getty Images Atualizado em 17 ago 2016, 13h01 - Publicado em 30 jan 2014, 18h30

O site TMZ publicou o resultado do exame toxicológico feito por Justin Bieber no dia de sua prisão em Miami. O resultado apontou que Justin estava dirigindo sob o efeito de maconha e remédios, conforme o próprio cantor havia contado aos policiais.

Justin Bieber fez um exame de urina logo que foi preso no dia 23 de janeiro e ele apontou THC (princípio ativo da maconha) e Alprazolam, principal ingrediente do Xanax, um remédio controlado usado para combater a ansiedade.

O teste deu negativo para cocaína, ópio, metanfetamina e outras drogas. Na ocasião, Bieber teria dito aos policiais que os remédios foram dados a ele por sua mãe e que tinha passado o dia fumando maconha em um estúdio.

No dia 14 de fevereiro, Bieber terá que se apresentar a Justiça da Flórida. Além disso, no dia 10 de março, o cantor terá que se reapresentar no tribunal de Toronto, onde é acusado de agredir um motorista de uma limusine em dezembro de 2013.

Continua após a publicidade

Publicidade