Justin Bieber está bancando o filósofo no Instagram

What do you mean, seu lindo?

Por Lorena Tabosa Fotos: Reprodução Atualizado em 24 ago 2016, 12h25 - Publicado em 4 jul 2016, 16h40
Talvez alguém deva explicar para o Justin Bieber que os artistas geralmente usam seus perfis no Instagram para nos deixar espiar um pouquinho da beleza deles – e da vida maravilhosa que eles têm. É que o cantor decidiu passar o fim de semana postando reflexões sobre o sentido da vida e religião na rede social. E rolaram uns pensamentos bem loucos, viu?
 
 
Na madrugada de sábado (2), Justin começou falando de sua relação com Deus. “Nem sempre sinto a presença de Deus, e acho que podem ser distrações humanas ou talvez eu esteja deixando que mentiras me tirem do caminho”, escreveu. Na mesma postagem, que era um print de um texto escrito por ele no celular, o cantor aproveitou para refletir sobre relacionamentos. “Mesmo assim, isso não me impede de procurá-lo. Apesar de frustrante, isso me lembra que relacionamentos dão trabalho, inclusive com Deus!“, disse.
 
//instagram.com/p/BHVLksoBimo/embed/
 
Mais tarde, ele deu uma alfinetada nos falsos amigos. “Prefiro ficar sozinho do que sair com qualquer pessoa só para não me sentir solitário… as pessoas têm que ser incríveis, senão só quero relaxar com a Netflix”, publicou. Eita, que aí teve indireta para alguém, hein! Mas a gente também acha isso, né. :B
 
 
Nesta segunda-feira (4), que é feriado nos Estados Unidos pelo Dia da Independência, Justin foi além. MESMO. O cantor começou o dia com um papo supercabeça, pensando sobre o sentido da vida. “É maluco como algumas pessoas nem mesmo se questionam ou ponderam sobre a razão da sua existência e estão tranquilos atravessando os momentos da vida. Nós não vivemos para morrer. Temos um propósito e significado! Saia da sua zona de conforto e desafie seus amigos com as perguntas difíceis, como ‘o que você pensa que é o sentido da vida?’ ou ‘qual é o seu propósito?'”, disse.
 
//instagram.com/p/BHb57C6huCu/embed/
 
“Não estou dizendo que você tem que acreditar nas mesmas coisas que eu, mas pelo menos entre no debate… às vezes, pode ser assustador se abrir para o que pode vir dessas conversas, e pode parecer mais fácil evitar o debate e não pensar sobre o assunto. Mas eu acho que vale a pena!!!”, filosofou ele.
 
 
Ai, lindo, what do you mean?
Publicidade