Juiz brasileiro reabre processo contra Justin Bieber

Em 2013, o cantor foi acusado de crime contra o ordenamento urbano e patrimônio cultural

Por Gabriela Zocchi 22 mar 2017, 12h23

Se você é belieber, deve se lembrar que da última vez que Justin Bieber veio ao Brasil, em 2013, ele se envolveu em algumas polêmicas. Uma delas foi a acusação que o cantor recebeu de crime contra o ordenamento urbano e o patrimônio cultural, que aconteceu depois que Biebs pichou um muro no Rio de Janeiro.

Pois bem, em 2015, o processo foi suspenso porque a Justiça Brasileira não conseguiu citá-lo das acusações, já que ele não foi encontrado por oficiais da Justiça.

Acontece que, agora que o ator volta ao Brasil, o juiz Rudi Baldi Loewenkron, da 34ª Vara Criminal, decidiu reabrir o caso contra Bieber. Em nota, o MP explicou: “Diante da notícia de que o cantor retornará ao Brasil, o Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) fez uma promoção solicitando ao juízo a expedição de mandado de citação em nome dele. O pedido é para que o réu tome ciência da acusação”.

AgNews/AgNews

Justin não sabe da acusação e o processo seria reaberto justamente para informar o cantor sobre o caso. O magistrado autorizou inclusive o “uso de força policial” para tentar entrar em contato com ele.

Bieber desembarca no Brasil na semana que vem para se apresentar com a Purpose Tour no Rio de Janeiro (29/3) e em São Paulo (1 e 2/4).

Continua após a publicidade
Publicidade