Jornalista terá que pagar indenização de R$30 mil a Lari Manoela

Fabíola Reipert insinuou que a atriz estaria grávida em 2015.

Por Da Redação Atualizado em 2 mar 2018, 16h47 - Publicado em 2 mar 2018, 16h46

Larissa Manoela está prestes a receber uma indenização de R$30 mil por um processo que abriu no final de 2015. Na época, ela e seus pais abriram uma ação contra a jornalista Fabíola Reipert após ela escrever uma coluna no blog do R7 insinuando que a atriz estaria grávida de João Guilherme.

Nessa sexta-feira (02/03), dois anos depois, o caso finalmente foi encerrado e, de acordo com o TV Foco, a juíza Tonia Yuka Kôroku, da 13ª Vara Cível de São Paulo, julgou a ação parcialmente procedente e condenou Fabíola a pagar R$30 mil de indenização, dos R$ 200 mil que Larissa e seus pais pediram.

Segunda a Justiça, a jornalista causou danos morais por insinuar que a atriz, que tinha 14 anos na época, “teria vida sexual precocemente ativa ao proclamar a possibilidade de estar grávida de seu namorado”. Também entrou no julgamento o fato de Fabíola ter “criticado aspectos de sua personalidade, dizendo-a mimada e pintando-a como motivo de chacota no SBT, rede de televisão em que trabalha”.

Eita! Que bom que tudo foi resolvido, né?

Continua após a publicidade

Publicidade