James Bay leva o rock de volta ao topo das paradas britânicas

Vencedor do prêmio da crítica no BRIT Awards acabou de lançar álbum de estreia, Chaos and the Calm

Por Bruno Dias Atualizado em 17 ago 2016, 15h58 - Publicado em 6 abr 2015, 17h00

Desde o começo do ano um nome tem sido muito falado na música britânica: James Bay, compositor e guitarrista inglês de 24 anos, segundo colocado no renomado BBC Sound of 2015 , que já revelou em anos anteriores nomes como Adele e Sam Smith.

Bay simplesmente trouxe o rock (no caso dele um indie rock misturado com folk e soul) de volta ao topo das paradas britânicas, vendendo 64 mil cópias de seu Chaos and the Calm , álbum de estreia que desbancou ninguém menos que Kendrick Lamar e seu elogiado To Pimp a Butterfly .

O amor pela guitarra – instrumento que ele domina como ninguém -, começou quando ele tinha apenas 11 anos, mas foi com 18, quando ele trocou sua cidade natal Hitchin por Brighton que a coisa ficou séria, a mudança foi justamente para ele estudar, se aperfeiçoar no instrumento e começar a fazer pequenos shows por lá.

No Verão de 2013, James Bay foi escolhido para abrir o show dos Rolling Stones no Hyde Park, em Londres, na mesma época em que fazia sua primeira viagem para os Estados Unidos, passando por Los Angeles e San Francisco.

Antes de Chaos and the Calm, que saiu em 23 de março, Bay já havia lançado quatro EPs, que já traziam seus hits Hold Back the River e Let it Go , ambos presentes em seu álbum de estreia. Em fevereiro, cerca de um mês antes do lançamento de Chaos and the Calm, James Bay ganhou o Prêmio da Crítica no BRIT Awards. Começou bem ele, né?

Saiba mais:

Curiosidade: Niall Horan, do One Direction, é um dos fãs famosos de James Bay. Ele chegou a elogiar o trabalho dele no Twitter: “Um dos meus artistas favoritos em um bom tempo! Amo seu trabalho! Gostaria de ver um show!”.

Maior hit: Hold Back the River .

Para quem curte: Ed Sheeran, Ryan Adams, Jeff Buckley e James Blunt.

Nas redes: * Facebook * Twitter * YouTube * Instagram * Site oficial

Ouça também:

Let It Go

Scars

If You Ever Want To Be In Love

Continua após a publicidade
Publicidade