Continua após publicidade

Já dá pra considerar o Cézar milionário?

O “melhor BBB de todos os tempos” vem caminhando pra ser só uma reedição dos outros. Primeiro a casa dividida entre o bem e o mal, depois “vilões” sendo eliminados um por um e por fim quem mais se omitiu no jogo tem tudo pra ganhar. O público parece que não tá nem aí pra […]

Por Da Redação Atualizado em 24 ago 2016, 16h30 - Publicado em 18 dez 2015, 16h44

O “melhor BBB de todos os tempos” vem caminhando pra ser só uma reedição dos outros. Primeiro a casa dividida entre o bem e o mal, depois “vilões” sendo eliminados um por um e por fim quem mais se omitiu no jogo tem tudo pra ganhar. O público parece que não tá nem aí pra quem jogou e “se jogou”.

Adrilles foi eliminado com 65% dos votos, que a gente não sabe quantos foram (e eu continuo apostando em, no máximo, 20 milhões). Pra um “campeão do povo”, a mobilização a favor do Cézar não tá lá essas coisas… No paredão de carnaval, aquele que todo mundo vai viajar e deixa acontecer naturalmente, quando Aline e Amanda se enfrentaram, foram 54 milhões. A verdade é que o BBB15 é Amanda x Amanda, quem gosta contra quem não gosta. Pra essas pessoas não importava muito se era Mariza ou Cézar, já que ambos são anti-Amanda, por isso a votação passada foi tão apertadinha. Adrilles, quando se mostrou a favor, foi rejeitado também.

CBeQ-tJUIAEb-4G

E quem finalmente me surpreendeu (de forma positiva, o que é ainda mais estranho depois de 71 dias) foi o Fernando! Quem diria? Quando a Amanda perguntou se ele preferia ir com ela ou com o Cézar pra final. Ele disse que prefere ir com o Cézar, por que não tá lá pra brigar com ela por dinheiro. Engraçado, né? Logo ele que há 71 dias fez de tudo por 1 milhão e meio de reais, agora dá uma dessa.

A gente ainda tem mais uma semana de jogo. Dá pra virar? Dá, como já falei aqui. A única dúvida agora é a força da torcida da Amanda. Quem sabe se o Fernando resolver seduzir a estátua,  ainda dá um gás?

Publicidade