Há uma razão para episódio da Batalha de Winterfell de GoT ser tão escuro

O responsável pela cinematografia da batalha de Game of Thrones aproveitou para explicar como você deve assistir à série

Por Amábile Reis - Atualizado em 30 abr 2019, 19h03 - Publicado em 30 abr 2019, 12h06

Se você assistiu à Game of Thrones neste domingo (28/4) ou acompanhou os memes no Twitter sobre a Batalha de Winterfell, sabe que um tema se destacou para os espectadores sobre o episódio: a escuridão da guerra entre vivos e mortos.

Não tinha óculos, lentes de contato ou filtros de luminosidade capazes de iluminar a tela. Era como se estivéssemos testemunhando um blecaute total no Norte, né, migas?

Para o New York Times, a escolha da fotografia do episódio deve-se à intenção de confundir e deixar os fãs superansiosos sobre o que podia estar acontecendo com os seus personagens queridinhos.

Continua após a publicidade

Agora, ao TMZ, Fabian Wagner, que é um dos responsáveis pela cinematografia de ‘Long Night’, afirma que parte do problema está em como a HBO fez a compressão do episódio, que gera esta baixa qualidade visual e deixa a imagem pixelada tanto na TV quanto celular.

Além disso, para quem assistiu à batalha em ambientes muito claros a imagem piorou ainda mais. “Game of Thrones sempre foi uma série muito sombria e cinematográfica”, disse. Então, o ideal é vê-la em lugares bem escuros, como se fosse imitar uma sala de cinema.

Ele admite que as cenas eram para ser sombrias, claustrofóbicas e perturbadoras, mas ninguém queria confundir os fãs. “Eu sei que não estava escuro demais, porque fui eu que filmei”. Pois bem, para domingo, já acerte a luz da sua casa e separe a pipoquinha para o cineminha caseiro, ok, miga?

Continua após a publicidade
Publicidade