Golpista usa Ed Sheeran para conseguir entradas para o Super Bowl

Segundo o TMZ, ONG foi prejudicada por golpista, que vendeu as entradas após prometer apresentação do cantor britânico

Por Da Redação Atualizado em 14 fev 2017, 14h45 - Publicado em 14 fev 2017, 13h18
Foto: Kevork Djansezian/Getty Images
Foto: Kevork Djansezian/Getty Images

O site TMZ revelou nesta terça-feira (14/2) um golpe realizado nos Estados Unidos usando o nome de Ed Sheeran para conseguir ingressos para a final do Super Bowl 51, no dia 5 de fevereiro. De acordo com o site, o golpista prejudicou uma ONG americana chamada The Giving Back Fund prometendo um show do cantor britânico.

O CEO da ONG, Marc Pollick, contou ao TMZ que recebeu uma ligação de um empresário prometendo uma apresentação especial de Ed na noite da final da NFL. O golpe foi tão bem feito, infelizmente, que o cara copiou a assinatura de Sheeran no contrato.

Pelo acordo, Ed Sheeran iria fazer um show com duas canções e, em troca, ele pegou quatro ingressos de camarote do Super Bowl 51, no valor de 50 mil dólares. Só que Ed não apareceu, obviamente.

O pessoal da ONG suspeitou do golpe quando descobriram que na data do Super Bowl, Ed Sheeran estava na Austrália. A polícia foi chamada e descobriu que os ingressos já haviam sido vendidos. Que história horrorosa, né?

promo-volta-as-aulas2017
Continua após a publicidade
Publicidade