Continua após publicidade

Fãs do RBD agitam show do grupo mexicano

O show do RBD começou às 15 horas de sexta-feira (27/4) com a abertura do gatíssimo Diego González, o Rocco de Rebelde. Mas a animação do lado de fora do Via Funchal játinha começadohavia horas.

Por Da Redação Atualizado em 24 ago 2016, 23h51 - Publicado em 24 jul 2013, 18h37

Apesar do frio e da garoa que caía lá fora, os fãs de RBD não desanimaram. Tinha gente que estava lá desde cedo. Era o caso de Rita Taucci (15) e Jéssica Mello (15), que chegaram com 11 horas de antecedência.

Além de serem covers de Maite e Anahí na banda RBD Cover Mix elas são superfãs do grupo. As duas tinham a esperança de entrar, no camarim, para entregar aos ídolos uma carta de 35 metros que levaram escondida na bolsa (como mostra a foto acima).

O trio carioca formado por Thatiane Santos (20), Elaine Lima (21) e Joana Alves (19) homenageou Anahí, vestindo camisetas da Sininho (a fadinha do Peter Pan da Disney) com a frase favorita da cantora: “I do believe in fairies” (“Eu acredito em fadas”).

Já a amiga Carolina Carvalho (18), que estava toda orgulhosa com o ingresso na mão, perdeu três dias de aula de recuperação para vir para São Paulo.

Deyvid Hilton (18) contou com orgulho que foi o primeiro da fila no show do RBD no ano passado, no Maracanã. Ao lado dele, as amigas Marianne Sanchez (18), com sua tatuagem “Dulce”, e Fernanda Nogueira (18), que pegou um vôo para São Paulo sozinha para prestigiar a banda.

Continua após a publicidade

Jéssica Teixeira (16), da Galera CAPRICHO, também foi conferir o show e posou para a foto ao lado da fã-mirim do RBD, Isabella Crivello (10), e da fã master Vanessa Gonçalves (25). Esta última confessou que é louca por televisão e virou fã do grupo assistindo a Rebelde. “Tenho os CDs, fui a todos os shows e não perco um capítulo da novela”, contou.

Como foi o show

Ao final da primeira apresentação, feita por Diego González, a galera foi ao delírio com a chegada de Anahí, Christian, Christopher, Dulce Maria, Maite e Poncho. Os gritos vinham do fundo da garganta e logo já se viam lágrimas escorrendo por todos os lados. A euforia foi uma constante durante o show. Todo mundo de pé – em cima das mesas e cadeiras – cantando e dançando junto do grupo mexicano.

O espetáculo foi completo. Além de cabelos esvoaçantes e muita sensualidade, houve coreografia, apresentação solo, chuva de papéis, luzes, fumaça, vídeos extras no telão e até protesto contra a guerra. No meio do show, Poncho pegou Anahí de jeito e roubou-lhe um beijo. Foi lindo! Como o de costume, Dulce e Christopher também se beijaram. Já Christian e Maite, ficaram só na vontade.

Continua após a publicidade
Publicidade