Ex-Menudo Roy é levado para prisão e afirma: “Estou sendo preso injustamente”

Ele deixou A Fazenda 7 na manhã desta quinta (25/9) e foi levado para a Cadeia Pública de Pilar do Sul, em Sorocaba (SP)

Por Bruno Dias Foto: Reprodução/ Record Atualizado em 17 ago 2016, 14h44 - Publicado em 25 set 2014, 17h10

A situação de Roy Rosselló não é nada boa. Depois de deixar A Fazenda 7 na manhã desta quinta-feira (25/9), por determinação judicial, o ex-Menudo foi preso e levado para a Cadeia Pública de Pilar do Sul, em Sorocaba (SP), por não pagar pensão alimentícia .

Em entrevista à Record, no momento de sua prisão, Roy contou que estava muito triste e que ainda tem esperanças de voltar ao reality. “É uma situação que aconteceu no passado. Eu dei tudo para ela cuidar do filho. Foi o combinado no processo”, afirmou. “Dei a ela [à ex-mulher] um terreno e tudo o que tinha para ela cuidar do meu filho. E ela simplesmente vendeu sem me informar. Estou sendo preso injustamente. Pra mim é um choque muito grande. Simplesmente não estou acreditando.”

O delegado Nicolau Santarém, que cuida do caso, falou em entrevista ao Balanço Geral , da Record, que o ex-Menudo não paga pensão para a mãe de seu filho desde 2010. “Esse processo é da vara de Campinas, Terceira Vara da Família de Campinas, de uma criança apenas”, revelou. “Houve um cálculo, em 2011, de 18.500 reais, mais ou menos.”

Santarém informou que Roy Rosselló só será liberado se houver um alvará de soltura expedido pela Justiça após o pagamento da dívida.

Segundo o site Notícias da TV, do portal UOL, advogados da Record estão negociando com a Justiça de São Paulo o pagamento da pensão alimentícia, já a advogada do cantor entrou com um pedido de habeas corpus para que ele seja solto.

Continua após a publicidade
Publicidade