Enquete: quais destas séries vocês salvariam do cancelamento?

Por Da Redação - 1 mar 2013, 18h24

É só chegar março que começa aquela temida época para as séries que estrearam na fall season (setembro/outubro) na gringa, já que os primeiros cancelamentos começam a ser anunciados. Afinal, estas produções encerram suas temporadas em maio. Fiz cinco apostas que acho que vão rodar e quero ouvir vocês: quais delas vocês salvariam? 

 

Smash

Mesmo com a produça do senhor Spielberg, elenco incrível (Anjelica Huston, anyone?) e todo um figurino de babar, a série não decola. Meu palpite: as histórias fracas. É difícil sentir a empatia pelos personagens lutando por um papel na Broadway e não é por falta de drama, mas por falta de interações convincentes e empáticas entre os personagens. A prova disso é que Glee e Bunheads também mostram o lado negro do show business e da arte, mas com muito mais energia. Esse “cansaço” se reflete nos índices de audiência lá fora, que vão de mal a pior. Acho que nem o pai do ET segura essa parada.

 

• Up All Night

A série já não tinha aqueeeela performance de audiência, mas era uma comédia bem gostosinha de assistir (e com gente muito boa em provocar risadas). O problema é que seu diferencial criativo – a pegada documentário – não se sustentou durante muito tempo, por causa da substituição de produtores. Resultado: Christina Applegate pulou fora e largou Will Arnett e Maya Rudolph em canoa furada. Will, por sua vez, já tem outros projetos (leia: pilotos de novas séries) em mente/na agenda, mesmo não tendo oficialmente desistido de Up All Night. Só nos resta esperar a notícia agora…

 

• Whitney

Continua após a publicidade

A série desbocada da criadora de 2 Broke Girls, Whitney Cummings, não é sucesso de audiência, mas faz sucesso lá na minha casa, viu? Dá até uma dorzinha no peito de pensar que Whitney tem um desempenho tão ruim no ibope gringo e está longe de ser renovada com base nos ganhos em reprises. (Uma conta muito complicada que as emissoras por lá fazem). Só resta torcer para que a série seja salva pelas suas qualidades criativas: o texto rápido e quase-vida-real é uma delas.

 

• 90210

A continuação de Beverly Hills 90210 (ou Barrados no Baile, pra quem assistia na Globo que nem eu) não teve mesmo fôlego para acompanhar a série-mãe. Apesar de ter começado divertida, tensa e promissora, um mix de Revenge com Gossip Girl, as histórias se perderam e ficaram muito chatas, previsíveis. Ultimamente, não rolava nem acompanhar mais. Neste caso, dá para dizer que o declínio de público foi resultado direto da condução criativa da produção. Só nesta 5ª temporada, a audiência já caiu pela metade! Não rolou…update: 90210 foi cancelada pela CW.

 

• Happy Endings

Happy Endings é quase um milagre televisivo: primeiro, porque tem graça como poucas hoje em dia (sim, eles se recuperaram daquela fase negra de que falei no final do ano passado) e segundo porque é aquela série que sempre pode ser cancelada…mas se salva. Será que o feito se repete esse ano? Vamos acompanhar.

 

Agora é com vocês, meninas! Quais deveriam se salvar? E que outras vocês acham que já eram?

Beijo 😉

Continua após a publicidade
Publicidade