Elle Fanning: “Não é justo a suavidade da mulher ser vista como fraqueza”

Em entrevista à CAPRICHO, a atriz refletiu sobre o fato da princesa Aurora manter sua feminilidade mesmo durante uma batalha épica

Por Gabriela Zocchi Atualizado em 10 out 2019, 20h21 - Publicado em 10 out 2019, 15h00

A Bela Adormecida sempre foi vista como uma princesa doce e indefesa, né? Mas então veio o filme da Malévola trazendo uma nova versão da Aurora, interpretada pela Elle Fanning, ao público. Se no primeiro longa a garota amaldiçoada com um feitiço que a coloca para dormir já levanta a voz e toma suas próprias decisões, na sequência do longa, Malévola: Dona do Mal, que chega aos cinemas em 17 de outubro, a loirinha ganha ainda mais poder.

  • Agora rainha dos Moors, ela precisa tomar decisões sábias para seu reino, além de encarar a ideia de conhecer os pais do príncipe Philip (Harris Dickinson), se opor à fada das trevas (Angelina Jolie) para provar que já é, sim, uma garota independente, e lutar em uma batalha épica. Tudo isso sem deixar de lado os vestidos floridos e sua vibe ~princesinha~, viu?

    “No segundo filme, ela já é uma jovem mulher, está mais forte e tem muita convicção. Ela está aprendendo a ganhar independência”, contou Elle em entrevista exclusiva à CH em Los Angeles. “A Aurora está tomando as rédeas de sua vida, mas com bondade. Não queríamos que a ela fosse colocada em uma armadura durante a batalha, como acontece em muitos filmes, para mostrar que isso é o que a faz forte”, continuou.

    Para Elle, a feminilidade de Aurora não impede a princesa de ser uma pessoa poderosa e empoderada. “A suavidade das mulheres muitas vezes é vista como fraqueza e isso não é justo. Existem os estereótipos do que as pessoas pensam que é uma mulher forte, e o lindo desse filme é que a gente não mudou a Aurora para mostrar a força que existe dentro dela“, explicou a atriz. “Ela faz de tudo usando um vestido rosa, e a acho f**ona por isso“, brincou.

    elle-fanning-aurora-malevola
    Elle Fanning é Aurora, uma princesa empoderada, em Malévola: Dona do Mal Divulgação/Disney

    Se considerando ela mesma parecida com a Aurora nesse sentido, Elle contou que jé se sentiu subestimada algumas vezes. “A verdade é que ninguém sabe pelo que a gente passa, por isso digo que o importante é se manter verdadeira consigo mesma. Não tente mudar quem você é. Você sabe seu valor e do que é capaz, e não precisa provar nada para ninguém“, aconselhou.

    Princesa perfeita que fala, né?

    *A CH viajou a Los Angeles a convite da Disney.

    Continua após a publicidade
    Publicidade