Continua após publicidade

Como Se Fosse a Primeira Vez mostra que o amor tem que ser conquistado a cada dia

No filme com Drew Barrymore e Adam Sandler, ela sofre perda de memória e ele faz de tudo para ficar com ela

Por Gabriela Zocchi Atualizado em 17 ago 2016, 16h20 - Publicado em 30 Maio 2015, 12h20

Você viu no filme de ontem que Drew Barrymore + Adam Sandler = comédias românticas de sucesso . E Como Se Fosse a Primeira Vez não é diferente. Se você ainda não assistiu, um aviso: cuidado, pois você pode viciar e querer parar tudo o que está fazendo quando o filme estiver passando na TV!

Ambientado em paisagens lindas do Havaí, Como Se Fosse a Primeira vez conta a história de Henry (Adam Sandler), um homem mulherengo, mas que não gosta de se envolver seriamente com ninguém. É que ele se dá melhor com os animais do aquário onde trabalha do que com pessoas. Tudo muda quando ele conhece Lucy (Drew Barrymore) em um café. Rola uma química, uma conversa boa, e Henry já fica meio seduzido por ela.

Quando encontra Lucy no dia seguinte, no mesmo café, ele vai falar com ela e a mulher surta, dizendo que nunca nem viu aquele cara na vida (melhor desculpa para dar um fora naquele boy chato, né?). Mas, no caso de Lucy, não é desculpa. Acontece que ela sofreu um acidente de carro há cerca de um ano e acabou sofrendo perda de memória curta. Basicamente, o dia se apaga toda vez que Lucy dorme.

Quando descobre sobre o problema de Lucy, Henry decide reconquistá-la todos os dias. Isso mesmo! No começo, ele tem que fazer isso sozinho, mas com o tempo consegue apoio do pai e do irmão da garota e, juntos, eles fazem vídeos contando tudo o que aconteceu com ela.

Em um dia não muito bom, depois de (re)descobrir seu problema de memória, Lucy pede para Henry parar de falar com ela, pois ela acredita que está prendendo o cara em uma vida que ele não merece. Mas será que ele vai desistir assim tão fácil? Assista para saber! 😉

Publicidade