Camila Pitanga sobre Domingos Montagner: “Ele me salvou”

Camila Pitanga contou ao Fantástico que Domingos Montagner a salvou durante acidente que tirou a vida do ator no dia 15 de setembro

Por Da Redação Atualizado em 6 jan 2021, 14h11 - Publicado em 19 set 2016, 13h02

Na noite de domingo (18/9), Camila Pitanga falou ao Fantástico sobre o acidente que tirou a vida de Domingos Montagner, o Santo, da novela Velho Chico. O ator morreu afogado na última quinta-feira (15/9), aos 54 anos, no Rio São Francisco, em Sergipe. Acompanhada por amigos e familiares, a atriz recebeu a jornalista Sônia Bridi e deu detalhes sobre o acidente. Segundo Pitanga, os atores Lucy Alves e Gabriel Leone também iriam juntos no mergulho, mas, no fim, apenas ela e Montagner acabaram indo.

camila-pitanga-domingos-montagner-fantastico

Foto: Reprodução/ Globo

“Domingos subiu nas pedras e falou: ‘Ca, aqui tá lindo, aqui tá ótimo. Vamos mergulhar aqui’. Isso já nos afastava do litoral, da faixa de areia onde dava pé. Quando a gente mergulhou, Domingos mergulhou já de cabeça. Eu, mais ‘cabrera’, sou um pouco medrosa com essa coisa de saltar, eu fui devagarinho. E eu notei que tinha uma pedra, com uma marolinha batendo”, revelou Camila Pitanga. “Aí tem um detalhe: a gente tava nadando a favor de uma correnteza muito perene, muito suave, que a gente não percebeu. Então, a gente mergulhou já num lugar que tinha profundidade, mas o olhar, para qualquer pessoa, era de tudo parado.”

Camila Pitanga então resolveu ir para um lugar mais seguro, para se segurar em umas pedras e fugir da correnteza, foi nesse momento que ela percebeu que algo estranho estava acontecendo com Domingos Montagner: “Eu estava notando que o Domingos, ele não conseguia, ele não nadava e estava assustado. Então eu falei: ‘ele tá assustado, eu vou ajudar’. Eu não tinha noção do que estava acontecendo, não sou heroína, nada disso. Para mim, tava tudo tranquilo”. Apesar de falar para o ator que o local em que estava era “mais tranquilo”, a atriz contou que ele não saía do lugar e não falava. “Ele aparentava estar paralisado. Então eu voltei de novo, peguei de novo no braço dele e vim puxando, vim puxando e ele não saía do lugar. E ele falava “eu não tô conseguindo. Ca, eu não tô conseguindo.”

Continua após a publicidade

View this post on Instagram

A post shared by Camila Pitanga (@caiapitanga)

Sônia Bridi ainda perguntou quantas vezes Camila Pitanga viu o ator subindo e descendo. “Foram só duas vezes. Quando ele submergiu e foi a segunda vez que ele submergiu, aí eu entendi o problema que a gente tava vivendo. Aí ele submergiu, eu entendi que eu não podia ir lá. Porque tinha alguma coisa que era maior do que aquilo que eu tava imaginando, não era ele assustado! Eu não sei o que era. Era uma coisa que eu não sabia o que era. E era um desespero de ‘eu vou’ e alguma coisa que dizia ‘não vai!'”, descreveu a atriz. “Eu comecei a gritar e eu me arranhava e me batia e chamava e chamava, porque não tinha ninguém. Tinham dois barcos naquela lateral, não tinha ninguém. E eu gritava ‘é grave, é grave, tem alguém ali dentro da água’. E eu sabia que eu não podia ir.”

Emocionada, Camila Pitanga disse que ganhou uma segunda chance e que vai honrar isso: “Em nenhum momento ele me pegou, me agarrou. Ele tava tentando, na verdade, se segurar. Por isso que ele não nadava. Ele me salvou. Eu acho que ele sabia o que tava acontecendo e ele me deu oportunidade de viver”.

Continua após a publicidade
Publicidade