BTS e ARMY doaram juntos US$ 2 milhões para o movimento Black Lives Matter

O grupo também fez discursos incríveis e se apresentou no evento Dear Class of 2020

Por Gustavo Balducci Atualizado em 8 jun 2020, 20h37 - Publicado em 8 jun 2020, 17h15
perfume ch o boticario fragrancia capricho mood
CAPRICHO/Divulgação

“Nós somos contra a discriminação racial. Nós condenamos a violência. Você, eu e todos nós temos o direito de sermos respeitados. Nós estamos juntos”, escreveu o grupo BTS em sua conta do Twitter na última semana. Ao lado de outros artistas do K-pop, o grupo se posicionou sobre o movimento Black Lives Matter e inspirou fãs a fazerem o mesmo.

Só nos últimos dias, diversos fandoms uniram forças em ações antirracistas nas redes sociais. E não parou por aí. O septeto formado por Jin, Jungkook, Jimin, V, J-Hope, Suga e RM doou, junto com sua agência, a Big Hit Entertainment, US$ 1 milhão para a causa. O valor foi confirmado no último sábado (6/6) pela instituição.

O ARMY, como é chamado o fandom oficial do BTS, não ficou de fora e iniciou uma nova onda de doações através da hashtag #MatchAMillion (“IgualarUmMilhão”). O site BTSARMYxBLM reuniu contribuições e incentivou fãs a arrecadarem, em um único dia, US$ 1 milhão — igualando, assim, o valor à doação feita anteriormente pelo grupo. Demais, né?

Quer mais? No domingo (7), a festa ~de formatura~ também foi garantida pelos meninos. É que o grupo participou do Dear Class of 2020, um evento online organizado pelo YouTube em homenagem aos formandos do ensino médio dos Estados Unidos. Grandes nomes da música, como Beyoncé, Lady Gaga e Katy Perry, e também o ex-presidente Barack Obama e sua esposa, Michelle Obama, foram escalados para homenagear os formandos que não puderam celebrar essa etapa da vida escolar devido à pandemia de COVID-19.

Com um discurso empoderador, os integrantes do BTS se revezaram para falar sobre amor, esperança e conforto, refletindo sua própria juventude e encorajando estudantes a irem em busca de seus sonhos construindo seus próprios caminhos. Veja como foi: 

Mais tarde, o Bangtan encerrou a cerimônia com apresentações incríveis das faixas Boy With Luv, Spring Day e Mikrokosmos, dançando em frente ao Museu Nacional da Coréia. Foi de arrepiar:

E aí, o que achou?

Continua após a publicidade
Publicidade