Bruno Gagliasso sobre racismo de Titi: “vivenciar isso machuca”

O ator e Giovanna Ewbank conversaram com o Fantástico sobre racismo e o ataque que Titi sofreu recentemente.

Por Bruna Nobrega 4 dez 2017, 12h45

Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank já estão buscando justiça contra a mulher que fez um ataque racista contra sua filha, Titi, mas eles reconhecem que o problema ainda é enorme e exige muito mais atenção no Brasil. Em entrevista ao Fantástico, o casou falou sobre as situações que os negros vivem todos os dias junto com outras duas famílias que experienciam o racismo de perto.

“É óbvio que a gente sempre soube, mas vivenciar isso dentro de casa é muito forte, é agressivo, machuca”, Bruno contou. “Acho que a gente até estava um pouco despreparado pro que vinha e a gente se sente correndo contra o tempo pra conseguir as ferramentas necessárias pra criar nossa filha negra em um país racista”, completou Giovanna.

titi-batizado-papais
Gio e Bruno com Titi em seu batizado Reprodução/Instagram

O ator ainda falou que Titi não entende o que está acontecendo, mas no futuro vai saber e ele quer saber explicar: “É um assunto que vai vir a tona e eu tenho que estar preparado para isso. Eu nunca de fato vou sentir na pele o que é o racismo, mas a minha filha é negra, né?”

Giovanna ainda reconheceu o privilégio que eles têm por seu caso ter ganhado tanta força e apoio: “imagina quantas crianças passam pelo que a minha filha passou e que não tem essa repercussão toda? E que passam todo dia, estão passando nesse momento.”

  • Continua após a publicidade
    Publicidade