Bruna Marquezine: “sinto que as pessoas me acham metida”

A atriz confessou também que sofreu bullying na escola

Por Gabriela Zocchi - 25 set 2017, 13h11

Bruna Marquezine foi uma das convidadas para o canal no YouTube de Fernanda Souza e resolveu revelar 50 fatos sobre ela. Dentre muitas curiosidades, ela confessou que sofreu bullying na escola e que as pessoas a consideram metida antes de conhecê-la.

“Tenho a sensação de que as pessoas que não me conhecem me acham metida e egocêntrica, porque eu sou uma pessoa muito reservada, não gosto de falar da minha vida pessoal. Superentendo quem fala, respeito e acho legal, mas para mim não funciona. Não me sinto confortável em dividir”, explicou a atriz, que contou que tem essa postura até para proteger as pessoas que ama. “Minha mãe, meu pai e minha irmã não escolheram ser uma pessoa pública”, disse.

Ela também contou que se tornou uma pessoa meio briguenta na escola porque sofreu bullying quando era mais nova. “Eu saí de um colégio de freiras de Duque de Caxias, onde nasci, e fui para um colégio em Jacarepaguá onde sofri bullying. Eu já era atriz e as pessoas achavam que isso ia me ajudar de alguma forma, que eu ia ser a protegida do colégio, mas não. Os alunos te excluem porque você é diferente”, contou.

Continua após a publicidade
bruna marquezine biquinis
Bru Marquezine preocupadíssima com aqueles que fizeram bullying com ela… Instagram @brumarquezine/Reprodução

“Eu faltei no primeiro dia de aula e, no segundo dia, pedi para meu pai me levar na sala porque não conhecia ninguém. Pra quê? Já começou o bullying aí! Eu não falava palavão e as pessoas achavam que eu tinha que falar, eu não beijava na boca, e eles achavam que eu tinha que beijar… Sofri muito. Tinha uns 11, 12 anos. Fiquei um ano nesse colégio e de lá fui para outro. Só que nessa nova escola cheguei falando ‘não mexe comigo, não'”, revelou a atriz.

Certa ela, né? Afinal, não é porque ela é famosa que merece ser excluída, gente.

Publicidade