Big Little Lies traz mistério viciante e elenco feminino de peso

Série estreia neste domingo (19/2) na HBO e traz Nicole Kidman, Reese Witherspoon e Shailene Woodley como protagonistas

Por Bruno Dias Atualizado em 20 fev 2017, 10h18 - Publicado em 19 fev 2017, 15h11
Fotos: Divulgação/ HBO
Fotos: Divulgação/ HBO

A tradição da HBO em levar superproduções para a TV ganha mais um título neste domingo (19/2), quando estreia Big Little Lies, série com sete episódios com um elenco feminino de peso: Nicole Kidman, Reese Witherspoon, Shailene Woodley, Laura Dern e Zoë Kravitz.

Reese, Nicole e Shailene são as três protagonistas da história de mistério criada a partir do livro homônimo da australiana Liane Moriarty. Mulheres que possuem vidas perfeitas na pequena Monterey, Califórnia, mas que aos poucos vão revelando problemas nesse pequeno paraíso, causados principalmente pela inveja e clima de competição entre elas, culminando em um assassinato.

big-little-lies2
Reprodução/Divulgação

Madeline Martha Mackenzie (Resse Witherspoon) é a dona de casa perfeita, tem duas filhas, um casamento aparentemente feliz com Ed (Adam Scott), mas convive constantemente com a sombra do ex-marido, Nathan (James Tupper), que agora está casado com a linda e zen Bonnie (Zoë Kravitz).

Nicole Kidman é Celeste, uma mulher que esconde sua melancolia e abusos domésticos por trás de sua beleza e de sua família: filhos gêmeos e um marido lindo (e ausente), Perry, interpretado por Alexander Skarsgård.

big-little-lies3

Jane (Shailene Woodley) praticamente cai de paraquedas nesse universo. Ela não é rica, mãe solteira de um garoto acusado de bullying logo no primeiro dia de aula em sua nova escola e com um passado misterioso. De quem ela está se escondendo? Quem é o pai de seu filho?

Continua após a publicidade

O primeiro episódio intercala flashbacks enquanto vai mostrando as personagens, trazendo fragmentos do assassinato que mexe com a calmaria da cidade, com depoimentos dos moradores que comprovam que a inveja e as fofocas maldosas não estão restritas ao pequeno círculo das cinco mulheres. Não sabemos quem morreu e muito menos quem matou ao final do piloto, o que só a deixa ainda mais viciante.

big-little-lies4
HBO/Divulgação

A excelente trilha sonora também traz mensagens que ajudam a descrever um pouco a realidade dessa comunidade movida pela falsidade em seus relacionamentos. Principalmente no que diz respeito a Madeline, que tem em seu protagonismo o fio condutor de tudo que acontecerá em Big Little Lies.

Logo de cara temos Cold Little Heart (“Pequeno coração frio”), de Michael Kiwanuka, que traz versos que se encaixam na personalidade de quase todas as mulheres da trama: “no meu coração, neste coração frio/ eu posso viver ou eu posso morrer”. No caminho de Madeline para deixar a pequena Chloe Mackenzie (Darby Camp) no colégio, quando ela é ajudada e conhece Jane, após sofrer um pequeno acidente causado por um grupo de adolescentes dirigindo ao celular – incluindo sua filha mais velha-, ouvimos Super Rich Kids (“Crianças super ricas”), de Frank Ocean, que sutilmente define em um verso aquelas garotas do carro (e também suas mães?): “crianças super ricas com nada além de amigos falsos”.

Reese e Nicole são ainda produtoras executivas de Big Little Lies, que tem roteiro adaptado de David E. Kelley (The Practice e Ally McBeal) e direção luxuosa de Jean-Marc Vallée (Clube de Compras Dallas e Livre).

Continua após a publicidade
Publicidade