BBB22: Eliminada, Lina fala sobre amizade das Comadres e fama de ingrata

Atriz e cantora também contou para quem está torcendo e qual participante não quer ver como campeão da edição

Por Vand Vieira Atualizado em 11 abr 2022, 10h39 - Publicado em 11 abr 2022, 03h23

Fim da LINNha (e dos trocadilhos, prometo)! Com 77,6% dos mais de 83 milhões de votos computados, Linn da Quebrada é a 12ª eliminada do BBB22. A atriz e cantora disputava a preferência do público contra Eliezer (15,66%) e Gustavo (6,74%).

No #RedeBBB, com Rafa Kalimann, ela não escondeu a tristeza por não ter conseguido ir mais além no jogo, mas também se diz grata pela experiência e principalmente pelas relações que criou, especialmente com Naiara Azevedo, Natália e Jessilane, as Comadres. “Acho que foi meu grande prêmio no programa. Tudo que vivemos e tudo que eu aprendi. Mulheres tão diferentes, mulheridades tão diferentes que conseguiram encontrar nas diferenças algo em comum que nos fortaleceu”, comentou a artista.

Sobre algumas das cenas que fizeram o público considerar o grupo como tóxico, Lina prefere ver o lado positivo. “O que é mais bonito é que a gente não desistiu uma da outra e a gente também não precisou se anular para seguirmos juntas. Cada uma tinha sua opinião, seu jeito de jogar e isso era respeitado. E, assim, com meus amigos aqui fora também tenho desentendimentos, atritos, faz parte da vida e faz parte do nosso processo lá dentro entender nosso lugar nas relações e lidar com essa questão de ser ou não prioridade dos outros”, analisou.

Aliás, a sister declarou torcida para que Jessi seja a vencedora da edição. “Sou apaixonada pela Jessi, pelo modo como ela vê o mundo e fala das coisas. Eu consegui ouvir a Jessi e sentia que quando eu falava ela também me ouvia. Então, isso nos aproximou mais”, justificou, apontando Arthur Aguiar como participante que não gostaria de ver como campeão. “Sei que está indo por esse caminho, mas é isso”, pontuou.

E, mesmo sem ter total certeza do peso que teve o momento em que votou em Paulo André Camilo após ele, Douglas Silva e Pedro Scooby terem lhe entregado a liderança, Lina explicou por que não indiciou ao paredão Eli ou Gustavo, por exemplo. “A atitude dos meninos foi linda. Porém, o que levei em consideração ali foi ter conflitos reais com o Douglas e com o P.A., entende? Pensei em como o público reagiria, mas decidi comprar essa posição de antagonismo e seguir nessa linha já que o Arthur havia sido imunizado. Agora, pensando bem, isso é algo que talvez eu pudesse ter feito diferente”, refletiu. Cada escolha uma renúncia, né, mana?

Continua após a publicidade

Publicidade