BBB20: Daniel faz comentário machista e sisters se surpreendem

Marcela tentou defender o boy para as amigas, mas acabou dando um puxão de orelha nele

Por Amábile Reis - Atualizado em 11 mar 2020, 19h42 - Publicado em 11 mar 2020, 13h20
perfume ch o boticario fragrancia capricho mood
CAPRICHO/Divulgação

Gente, fogo no parquinho! Cada dia que passa, o BBB20 nos alimenta com uma tretinha nova. Dessa vez, o principal causador da história foi Daniel. Nesta terça-feira (10/3), os confinados receberam aparelhos de barbear e o gaúcho causou incômodo por uma fala.

Gizelly comentou que os produtos pareciam com vibradores. Daniel, por sua vez, soltou a seguinte frase: “Mas também, fui abrir um negócio de homem perto de [mulheres]…”. As mulheres, claro, não curtiram nada o comentário. “Não repete isso, não”, avisou Gizelly. Flay foi mais direta: “Nossa, Daniel, agora você pediu para levar um soco coletivo das mulheres.”

Na academia, Flay e Mari conversaram sobre a situação. “Muito nojento o que ele falou. Se fosse qualquer outro homem, eu teria berrado na cara dele…Foi nojento, nojento. E eu não sei o que fazer. É uma pessoa que eu gosto, que eu não esperava”, falou a cantora. Ela ainda disse que não deveria esperar Marcela ir brigar com o boy, que, se ela se incomodou, deveria ir bater um papo direto. Veja só:

Continua após a publicidade

Flayslane tirou satisfação: “Adoro você, mas eu não esperava isso vindo de você. Foi um comentário muito ofensivo! Você não chegou a concluir, mas no sofá todo mundo entendeu o que você quis falar. Muito nojento esse comentário. Se é outro homem, eu berro na cara na hora. Mas como eu gosto de você, não consegui ter essa reação.”

“Agora que você expressou esse pensamento, acho que você tem só que ressignificar isso aí. E, assim, acho que todo mundo ficou bem chocado com você”, continuou. Daniel não se desculpou, mas agradeceu a amiga pelo toque.

Na jacuzzi, as meninas continuaram a falar sobre o assunto. Marcela, então, defendeu o boy. “Acho que é só ele falar: ‘Gente, desculpa’”, disse.

Continua após a publicidade

De acordo com o UOL, o papo se prolongou. Gizelly trouxe à tona outra polêmica pela qual Daniel foi perdoado. “Eu estava com o biquíni de banana e o Daniel falou: ‘Tira a banana do meio das pernas’. Eu não ouvi isso, mas parece que foi”. A ginecologista, mais uma vez, defendeu o amado. “Ele não falou como machista, falou na zoeira. Isso não é machista”, comentou.

A advogada lembrou a amiga que até Prior ficou chocado com a atitude de Dani. “O Prior não entende qual a intenção das coisas…”, argumentou a loira.

Flay foi lá e deu um toque nela: “Marcela, eu falei com o Daniel e ele cagou. Eu vi que ele está reflexivo, mas a hora que eu fui falar com ele, ele veio falar que não falou isso”.  A paraibana ainda disparou: “É um comentário nojento, achei nojento porque não esperava isso dele. Naquele momento, todas nós nos sentimos constrangidas, se fosse outro homem eu teria berrado na cara, só que me fez mal. Foi um comentário machista ou não foi?”

Continua após a publicidade

A médica concordou. “Acho que a gente não tem que quebrar o pau, porque vem de um lugar bem…Mas assim, é”, disse.

No final de toda treta, Marcela chamou Daniel para discutir a situação. “Uma coisa que vou te ensinar: Quando uma pessoa negra falar que você foi racista, ou uma mulher falar que você foi machista, você se desculpa. Não fica tentando explicar. Porque o que a gente sente, sim, é o que importa”. Daniel finalmente compreendeu, começou a chorar e avisou: “Estou me sentindo um m*rd@”.

Aí, Daniel pediu desculpas a todas as meninas e novamente caiu no choro. Ivy explicou para Gizelly que o problema não foi o que foi dito, mas sim o fato de ele não aceitar a opinião delas. Eita!

Continua após a publicidade

E aí, o que você acha?

Publicidade