BBB19: Danrley confirma que não é “HT” e namorada reage da melhor maneira

Saudade do cristalzinho carioca já bate por aqui

Por Vand Vieira - Atualizado em 20 mar 2019, 02h59 - Publicado em 20 mar 2019, 02h30

Quando o nono paredão do BBB19 foi formado, sabíamos que seria grandioso. Só que a eliminação dessa terça-feira (19) superou qualquer expectativa, mobilizando mais de 150 milhões de votos — segundo maior número na história do programa, tá?

O resultado desapontou, mas não surpreendeu: Danrley deixou o reality show com um índice de rejeição de 61,21%, uma morte horrível pra quem já foi considerado campeão dessa edição.

Segue o jogo

Assim que se despediu de Tiago Leifert, como previsto, Dan participou de uma transmissão ao vivo com Fernanda Keulla e ficou chocado feat. chateado ao ver os comentários maldosos que Carol, Hariany e Paula fizeram sobre ele. “Eu gostava de me olhar nos espelhos. Talvez por isso tenha passado essa impressão de que ficava me mostrando para as câmeras enquanto dançava ou falava”, justificou.

A mudança de atitude após vencer a prova do líder pela primeira vez também rendeu assunto. “No começo, me sentia inseguro e sem voz. Vi na liderança uma oportunidade de mostrar que eu estava no game e no mesmo nível de todos ali dentro. Sou muito competitivo e nunca quis bancar o coitadinho”, explicou. E qualquer semelhança entre Danrley, Gleici e Kaysar não é mera coincidência, viu? “Foram inspirações pra mim, sim. Muito guerreiros e, ao mesmo tempo, humildes e alegres”, revelou.

Nera gay?

Os refrescos, claro, só vieram no final da entrevista. Fernanda perguntou, sem meias palavras, se Dan é virgem e/ou homossexual. Tímido, ele garantiu que só estava brincando ao declarar que nunca fez sexo e que, “apesar de rebolar até o chão”, é hétero e comprometido. “Quando falei que não sou ‘HT’, quis dizer que não sou hétero top. E não sou mesmo”, brincou. O meu coração… ELE PARTIU EM DOIS. Hahaha!

Larissa, a namorada sortuda, entrou no estúdio e contou como reagiu ao ouvir isso enquanto o boy ainda estava confinado. “Fiquei nervosa e me perguntando por que ele não me falou antes, sabe? Danrley sempre brinca com isso, é muito carinhoso e não tem uma masculinidade frágil. Eu o conheci assim, me apaixonei e, sinceramente, se ele fosse gay e continuasse me tratando desse jeito, não teria problema”, disse. Shippando em 3, 2, 1…

Continua após a publicidade
Publicidade