Atriz de O Rei Leão fala sobre empoderamento e encontro com Beyoncé

Conversamos com Shahadi Wright Joseph, que dá voz à jovem Nala no filme da Disney

Por Entrevista: Mariane Morisawa, de Los Angeles 19 jul 2019, 17h45

Talvez o nome Shahadi Wright Joseph não te remeta a ninguém de cabeça, mas se você é fã da Disney muito provavelmente ouvirá a voz da atriz americana em breve nos cinemas. É que a garota de 14 anos é quem dubla a jovem Nala na nova versão legendada de O Rei Leão, que chegou às telonas nesta quinta-feira (18). Já se você é ligada em filmes de terror, talvez a tenha visto interpretando a filha da personagem de Lupita Nyong’o no aterrorizante Nós, de Jordan Peele, lançado alguns meses atrás.

A verdade é que, ao esbanjar talento ao lado de estrelas como Lupita e Beyoncé, é apenas uma questão de tempo para que Shahadi saia conquistando seus próprios prêmios por aí, né? Em entrevista à CAPRICHO, ela falou sobre a fama, O Rei Leão e empoderamento. Vem ver!

Shahadi Wright Joseph
Shahadi Wright Joseph no MTV Movie and TV Awards 2019 Emma McIntyre/Getty Images

CH: Você interpretou a Nala na Broadway e agora faz a jovem Nala no filme O Rei Leão. O que mudou do teatro para o cinema?

SHAHADI WRIGHT JOSEPH: Eu conheço bem o papel, mas queria fazer algo diferente no filme em relação ao teatro. Queria colocar mais da minha personalidade nela, para saberem que é minha interpretação. Tentei trazer mais autoconfiança, empoderamento e coisas em que as garotas possam se inspirar.

CH: Você se considera uma pessoa autoconfiante?

SHAHADI: Ainda estou tentando ser segura de mim. Mas acho que tem a ver com minha criação, que me estimulou a me amar como sou.

https://www.instagram.com/p/Bza9jeuDYGs/

CH: Como acha que pode empoderar garotas como você?

SHAHADI: Tenho minha plataforma, as redes sociais, que podem ser usadas para coisas boas. Espero poder ajudar. Mas não me considero uma ativista. Estou alerta ao que está acontecendo e tenho minhas próprias opiniões e tento expressá-las.

CH: O que diria para garotas brasileiras que não acham que se encaixam?

SHAHADI: A minha música nova se chama Skin I’m In (algo como ‘pele que habito’). É sobre amar a si mesma como você é. Eu diria que elas são perfeitas e poderosas sendo como são.

CH: Você finalmente conseguiu encontrar a Beyoncé, que faz a Nala adulta!

SHAHADI: Sim! Foi demais. Ela é tão fofa e generosa. Também conheci o Jay Z e a Blue Ivy. Espero ser chamada para o jantar de Ação de Graças na casa deles! (risos) Fiquei feliz porque estava esperando por isso fazia tanto tempo.

Continua após a publicidade

CH: É verdade que numa competição você recitou o discurso da Lupita Nyong’o quando ela venceu o Oscar?

SHAHADI: Sim! Eu tinha uns sete anos e aconteceu uma competição na minha escola em que tínhamos de recitar o discurso de algum ídolo. Eu usei o discurso da Lupita porque achei maravilhoso. Não ganhei, mas tudo bem. (risos) Depois contei isso para ela quando trabalhamos juntas no filme Nós.

View this post on Instagram

Celebrating International Women's Day with my Kenyan mom, @lupitanyongo at @sxsw #sheinspiresme #brunch @usmovie @monkeypawproductions

A post shared by Shahadi Wright Joseph (@shahadi) on

CH: Este ano está sendo incrível para você, primeiro com Nós, agora com O Rei Leão. Como faz para manter os pés no chão?

SHAHADI: Eu preciso estudar muito porque só posso trabalhar se tiver boas notas. E para mim é importante estudar, de qualquer forma. Eu frequento uma escola normal, com meninos e meninas normais, o que é bem bacana. Vivo no Brooklyn, em Nova York, com minha família, e é uma vida como a de todo mundo. De vez em quando, voo para Los Angeles para falar com a imprensa e participar de tapetes vermelhos, e aí fica um pouco maluco. Mas fora isso é tudo normal.

CH: Qual o significado do seu nome?

SHAHADI: Significa “a mais brilhante protetora de seu povo”. Me lembra um pouco da Nala!

View this post on Instagram

Atenção: nesta quinta-feira, 18/7, a nova versão de O Rei Leão estreará em todos os cinemas brasileiros. E, para fazer um ~esquenta~ animadão para a novidade, a CH reuniu 10 curiosidades bafônicas sobre o filme. Você sabia, por exemplo, que não podemos usar a expressão live-action para se referir a ele? Ou que um ator que ficou tenso de gravar as dublagens ao lado de Beyoncé? Pois é… Veja o IGTV e aproveite para comentar @ da amiga que será a sua companhia amanhã neste rolezão.

A post shared by CAPRICHO (@capricho) on

Continua após a publicidade
Publicidade