As 10 personagens femininas mais poderosas da ficção!

Mais que mulheres, elas são sinônimo de empoderamento feminino no cinema e na TV

Por Gabriel Justo Atualizado em 17 ago 2016, 16h14 - Publicado em 17 Maio 2015, 10h10

Lisa Simpson

Talvez ela seja o personagem mais esperto d’ Os Simpsons . Mesmo sendo criança, Lisa está sempre questionando tudo o que acontece ao seu redor, principalmente o comportamento humano e o status quo do mundo. Apesar de ter uma mentezinha brilhante, ela é considerada a mais chatinha da série, justamente por ser tão provocadora. Não à toa, ela é a personagem favorita do Matt Groening, criador do seriado.

Daenerys Targaryen

Terror da idade média, Daenerys não abaixa a cabeça pra homem nenhum. Nem mesmo para Drogo, que acaba ficando mansinho, mansinho depois de comprar – sim, comprar! – a heroína de Game of Thrones . Isso sem contar que ela forma um exército se um real no bolso e ainda é mãe de três dragões . É a rainha do #GirlPower!

Beatrix Kiddo

A protagonista de Kill Bill teve a vida arruinada e foi atrás de se vingar de cada um que lhe fez mal. Ainda assim, foi enterrada viva – e voltou pra tomar uma água na lanchonete em frente ao cemitério -, brigou por dois filmes inteiros até alcançar seu objetivo . Qualquer semelhança com a luta diária das mulheres não é mera coincidência.

Tris Prior

Esqueça o clichê da mulher frágil dos filmes de ação que, no final, sempre é salva pelo herói da trama. Na saga Insurgente , Tris é a heroína. A mistura de conflitos presente na sua história por conta da morte dos pais e do seu amigo, Will, faz dela uma pessoa forte, sem medo de lutar pelo que deseja .

Hermione Granger

Ela sempre foi a mais ‘crica’ sim, mas também a mais inteligente e a mais esperta do grupinho formado por ela, Harry e Rony em Harry Potter . Inclusive, a vida da galera – e principalmente do Harry – sempre foi muito bem guardada pela esperteza e sagacidade da Hermione . Tanto que é possível imaginá-la na idade adulta como Ministra da Magia ou como uma grande professora de… Defesa Contra as Artes das Trevas? Ou Aritmancia? Com certeza ela se daria bem fazendo qualquer coisa!

Continua após a publicidade

Katniss Everdeen

Assim como em Insurgente, também vemos mulheres fortes na trama de Jogos Vorazes . Katniss, por exemplo, é um sinônimo de coragem. Afinal, ela voluntariamente assumiu o risco de ir no lugar da irmã como tributo feminino do Distrito 12, e acabou criando uma revolução ! E mesmo a Jennifer Lawrence sendo considerada uma sexy simbol, Katniss não tem nenhum traço de uma heroína clássica como a Mulher Maravilha. Seu figurino não ressalta nenhum atributo físico ou reforça algum estereótipo e sua arma é apenas um arco e flecha – objeto nem um pouco tradicionalmente feminino.

Jean Grey

X-Men, por si só, já é uma grande aula sobre como conviver com as diferenças . Lançada em 1963, a HQ é cheia de personagens femininas poderosas. E não estamos falando apenas de superpoderes. Uma delas é a Jean Grey, que consegue fazer praticamente o que quiser apenas com o poder da mente – inclusive penetrar no capacete do imbatível Magneto. Mexe com essa gata pra você ver!

Princesa Merida

É só falar em princesas da Disney que já pensamos na princesa que leva uma história inteira para conseguir seu príncipe encantado e ser feliz para sempre. Até Valente , que inovou ao contar uma história centrada em um A protagonist A que não luta por um homem, mas sim pelo direito de não cumprir costumes patriarcais e de poder criar seu próprio destino. Uma aula de empoderamento feminino logo na primeira animação da Pixar centrada em uma mulher. Por isso e muito mais, levou um merecido Oscar!

Dorothy Gale

L. Frank Baum, autor de O Mágico de Oz , vivia ironizando as “novas mulheres”, como ele mesmo chamava as feministas do final do século 19. Mas sem perceber, ele criou a primeira história de cunho feminista da literatura infantil . Afinal, mesmo sendo uma jovem garotinha do interior dos EUA, Dorothy é corajosa, brava e independente ao vagar pelo desconhecido em busca do reencontro com seus pais. E ainda consegue encontrar um monte de amigos pela estrada de tijolos amarelos! <3 Que história linda!

Arya Stark

Personagem favorita de muitos fãs de GoT, Arya é outro bom exemplo de #GirlPower na série. Bem diferente de sua irmã mais velha (que é uma mocinha típica), ela quer mesmo é lutar com espadas e explorar – algo nada comum para uma nobre garota de 9 anos . Se ela liga para o padrão e para os apelidos maldosos? Nem um pouco! Pelo contrário, ela se aproxima de Jon Snow, seu meio-irmão bastardo, que é quem a incentiva a fazer o que ela quer. É assim que tem que ser!

Continua após a publicidade
Publicidade