Ariana Grande sobre término com Mac Miller: “não sou babá nem mãe”

A cantora fez um desabafo (girl power!) sobre as dificuldades da "relação tóxica", como disse, após receber comentário no Twitter

Por Chames Oliveira Atualizado em 23 Maio 2018, 16h20 - Publicado em 23 Maio 2018, 16h01

Há cerca de duas semanas, Ariana Grande confirmou o término com Mac Millercom quem namorava desde setembro de 2016. O comunicado aos fãs rolou de uma maneira descontraída pelo Stories no Instagram.

ariana-grande-instagram-stories
Ariana Grande esclareceu os boatos sobre o término com um textinho no Insta Reprodução/Instagram

“Eu o respeito e o adoro infinitamente e sou grata por tê-lo na minha vida da maneira que seja, independente de como nossa relação mude e do que o universo reserva para cada um de nós”, disse a cantora na época.

Nesta quarta-feira (23), Ari falou novamente do relacionamento, mas em um tom um pouco diferente, após receber um comentário de que havia terminado com o rapper para ficar com outra pessoa. Rumores circulam na mídia que a cantora está saindo com o humorista Pete Davidson.

“Mac Miller está dirigindo alcoolizado após Ariana Grande ter dado um fora nele por outro cara depois de ele ter colocado seu coração em um álbum de dez músicas sobre ela chamado ‘Divine Fiminine’. Isso é apenas a coisa mais triste do mundo”, disse o usuário no Twitter.

Na semana passada, Miller foi preso por dirigir sob o uso de substâncias tóxicas e por fugir ao bater em um poste de eletricidade em San Fernando Valley, na Califórnia.

Só que Ari não deixou passar batido e resolveu fazer um ~textão~ para explicar a situação. Olha só:

“Que absurdo é você minimizar a auto-perspectiva feminina e auto-valor de alguém ao dizer que alguma pessoa deveria ficar em uma relação tóxica porque ele escreveu um álbum sobre ela, algo que, aliás, não é verdade (apenas Cinderella é sobre mim). Eu não sou uma babá nem uma mãe e nenhuma mulher deveria sentir que precisa ser uma. Eu me preocupei com ele, tentei apoiar a sobriedade dele e rezei pelo balanço dele por anos (e sempre irei, claro) mas culpar uma mulher pela inabilidade de um homem de conseguir manter a vida dele em ordem é um problema muito grande. Vamos, por favor, parar de fazer isso. É claro que eu não compartilhei o quão difícil e assustador isso foi enquanto estava acontecendo, mas foi. Eu continuarei rezando do fundo do meu coração para que ele se resolva assim como qualquer mulher nesta posição também”.

Falou e disse, mana! 

Continua após a publicidade
Publicidade