Após Shawn, Machine Gun e Alessia Cara defendem Camila Cabello

Eles a defenderam após o anúncio de que ela saiu do Fifth Harmony.

Por Bruna Nobrega 22 dez 2016, 15h51

Esta semana foi bem triste para os harmonizers. Fifth Harmony anunciou que Camila Cabello não fazia mais parte da banda e, a partir daí, muitos comunicados e indiretas foram trocadas.

(Reprodução/Instagram)
(Reprodução/Instagram)

Alguns artistas deram sua opinião sobre o ocorrido, além do Shawn Mendes, que defendeu a cantora em seu twitter. Machine Gun Kelly, que divide a voz com a Camila em Bad Things, foi um deles. “Camila é uma pessoa forte, mas é uma menina nova e inocente. É um saco que essas pessoas virem as costas para ela. Todos esses comunicados deveriam ser tipo ‘fale sua parte e acabou’. Camila é uma estrela e o grupo não era algo formado em uma garagem. Elas foram colocadas juntas, então agradeçam por todos os anos e fiquem felizes pelas conquistas. Eu conheço Camila e não tem nenhum truque. Ela não fez nada pelas costas”, ele contou.

Outra pessoa que se manifestou foi a cantora Alessia Cara em uma entrevista ao site 24 Hours Toronto. “Fiquei sabendo que a Camila deixou o grupo. Eu sinto que todo mundo está sendo muito dramático quanto a isso. Posso imaginar como deve ser, pois quando você é dedicado a um grupo por tanto tempo, você fica triste. Mas é importante sempre fazer o que é melhor para você. Então, se é isso que a deixa feliz, as pessoas deveriam aceitar.”

Você concorda com as declarações deles?

Continua após a publicidade
Publicidade