Após ser barrado nos EUA, Charlie Heaton nega ter cometido crime

O Jonathan de Stranger Things foi impedido de entrar nos Estados Unidos por problemas na imigração

Por Gabriela Zocchi Atualizado em 31 out 2017, 12h01 - Publicado em 31 out 2017, 11h59

No sábado, 21 de outubro, o ator britânico Charlie Heaton, que interpreta Jonathan Byers em Stranger Things, foi detido no aeroporto de Los Angeles por suposta posse de cocaína. De acordo com alguns sites de celebridades, cães farejadores identificaram a presença da droga e Charlie foi impedido de entrar nos Estados Unidos. Ele chegava ao país para participar da pré-estreia da segunda temporada de Stranger Things.

Agora, o ator decidiu falar sobre o ocorrido à People. “Minha viagem para os Estados Unidos na semana passada foi afetada por um problema na imigração e estou trabalhando para resolvê-lo o mais rápido possível”, disse através de um comunicado. “Gostaria de esclarecer que não fui preso ou acusado de crime algum e cooperei completamente com os policiais do aeroporto de Los Angeles”, completou.

Netflix/Divulgação

Charlie também se desculpou com os fãs da série: “Peço desculpas aos meus fãs e à minha família de Stranger Things por ter perdido a premiere. Estamos todos muito orgulhosos desta temporada e eu nunca quis que essa história afetasse a série de forma negativa”, escreveu.

A pré-estreia de Stranger Things aconteceu em Los Angeles na última quinta-feira (27) e contou com a presença de nomes como Millie Bobby Brown, Winona Ryder, Gaten Matarazzo, Noah Schnapp, Finn Wolfhard, Natalia Dyer, Caleb McLaughlin e Dacre Montgomery.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade