Anitta sobre caso de racismo contra Ludmilla: “Abominável”

A cantora usou as redes para comentar o caso

Por Da Redação - Atualizado em 1 nov 2019, 13h34 - Publicado em 1 nov 2019, 13h33

Na última terça-feira (29/10), aconteceu o Prêmio Multishow e Ludmilla foi a vencedora da categoria Melhor Cantora. Lud ficou muito feliz com a conquista, mas a situação mudou quando a carioca publicou um Story expondo comentários racistas feitos enquanto subia no palco para receber o troféu.

Felipe Campos comentou o caso no programa A Tarde É Sua e gerou uma grande repercussão nas redes sociais. O jornalista culpou Anitta pela situação, afirmando que tudo teria sido planejado pela cantora por conta da treta envolvendo a música Onda Diferente. Campos ainda finaliza dizendo que Anitta “deveria tomar uns remedinhos e dormir eternamente”.

Continua após a publicidade

A cantora comentou o caso no Twitter, primeiro se referindo ao racismo contra Ludmilla: “Inaceitável que alguém possa se achar no direito de chamar um negro de macaco“, começou Anitta. “Isso é crime e absolutamente abominável.“, finalizou.

Continua após a publicidade

Em outro tuíte, Anitta falou do jornalista que a acusou de promover o ataque: “Inacreditável uma pessoa receber visibilidade pública em TV aberta para dizer que alguém deveria tomar um remédio e dormir para sempre”, destacou.

Felipe voltou a comentar o assunto e disse ironizou as críticas que recebeu: “Disseram que eu incitei a morte da malandra, que poder eu tenho pra isso, né?”, disse o jornalista. Ele ainda explicou que quando falou para Anitta tomar remédios, ele estava se referindo à calmantes.

Eita! O que você pensa de toda essa treta?

Publicidade