Alessia Cara declara amor por músicas brasileiras: “Me deixam tão feliz”

A cantora conversou com a CH sobre seu novo álbum e ainda contou como se apaixonou pela bossa nova

Por Anny Caroline Guerrera 12 ago 2021, 11h17
de um lado, o hidratante, o perfume e a máscara facial hello stars, dispostos lado a lado. De outro, as frases: Cada estrela é única, como você. Conheça a nova linha Hello Stars. Todos os elementos estão em um fundo azul escuro com estrelas que brilham
CAPRICHO/Divulgação

Vencedora do Grammy de Best New Artist, Alessia Cara está de volta com não um, mas dois singles incríveis. A cantora, que passou por diversos momentos intensos e difíceis durante a pandemia, transformou os desafios em inspiração para criar um álbum que tem a dualidade como principal conceito.

Em uma conversa com a CAPRICHO, a dona do hit Scars To Your Beautiful falou um pouco sobre o que podemos esperar do próximo disco, que será lançado ainda este ano: “Acredito que podemos ver [a dualidade] nas letras, nos temas, no instrumental e na produção, temos meio que duas coisas acontecendo. Algumas mais agitadas, outras mais calmas, que são opostas”, afirmou.

As principais inspirações para isso são o início e o final da quarentena e como esse processo a afetou: “As letras falam muito sobre a primeira parte do ano, que foi muito difícil e pesada, me fazendo passar por vários desafios emocionais. Acho que comecei a me curar quando comecei a receber a ajuda necessária, o tempo passou e comecei a melhorar de uma forma boa. A segunda parte é muito um reflexo dessa época, sobre me curar e encontrar alegria novamente”, revelou a canadense.

Inclusive, escrever novas músicas foi o que a ajudou colocar os sentimentos para fora, assim como os clipes de Sweet Dream e Shapeshifter, que fazem parte da divulgação do novo projeto, trazem um pouco de comédia para aliviar o clima de um período tão pesado: “Uso o humor para tentar superar as coisas, porque isso me ajuda, falar sobre as coisas de um jeito mais leve [ajuda]. Tem dualidade nisso também porque estou falando de algo não muito feliz de uma forma que parece mais alegre.”

Continua após a publicidade

O clipe está cheio de referências do cinema, o que era o objetivo de Alessia. “Estava pensando muito em filmes italianos antigos, um dos filmes de O Poderoso Chefão, longas como Os Sete Suspeitos (Clue) ou Pantera Cor-de-Rosa, a versão original, coisas assim, bem dramáticas, que tem um visual específico, então era como uma novela no filme”, revelou. “Eu adoro atuar, adoro me fantasiar e brincar. Foi uma ótima desculpa para poder fazer isso.”

Além disso, a cantora aproveitou para declarar seu amor por um famoso gênero musical: a bossa nova. Acontece que Alessia já compartilhou em suas redes sociais diversos vídeos cantando músicas brasileiras e chamando a atenção dos fãs: “Escuto bossa nova já faz bastante tempo. Acredito que a primeira música que ouvi foi da Astrud Gilberto, a versão de Girl From Ipanema, e me apaixonei”, declarou.

A cantora ainda disse que não sabia muito bem como definir o tipo de música e teve que procurar bastante: “Fiquei questionando que gênero era aquele, tipo, não era jazz, mas… O que era aquilo? Comecei a pesquisar, ouvir mais e mais até descobrir o que era bossa nova. Encontrei todos esses artistas e músicas lendárias da bossa nova. Me apaixonei por ela. Sinto que é a combinação perfeita de jazz, soul e as letras… É tão bom. Me deixam tão feliz quando escuto. É um dos meus gêneros favoritos no mundo.

View this post on Instagram

A post shared by ALESSIA CARA (@alessiasmusic)

Quer mais? Fique de olho nas redes sociais da CH para conferir a playlist que Alessia montou com a gente!

Continua após a publicidade
Publicidade