Advogado de Taylor diz que ela não teve a chance de comprar seus direitos

A afirmação vai contra o que o antigo dono da gravadora havia afirmado

Por Mel Trench - Atualizado em 3 jul 2019, 19h40 - Publicado em 3 jul 2019, 16h13

A treta não tem fim! O advogado de Taylor Swift enviou um comunicado à People dizendo que a cantora nunca teve a chance de comprar seus direitos da gravadora. A afirmação vai diretamente contra o que Scott Borchetta, o antigo dono da empresa, havia afirmado sobre a situação, já que ele comentou que tinha dado a oportunidade para que Tay comprasse todo o seu catálogo musical. Tenso! 

Logo depois que a polêmica foi noticiada, o antigo dono contou que tinha dado todas as chances para que a cantora se tornasse dona de tudo o que produziu. Ainda segundo ele, quem escolheu sair do acordo proposto foi a própria Tay. Entretanto, o documento do advogado dizia: “Scott nunca deu a Taylor Swift a oportunidade de comprar seus discos, ou o selo, com um cheque, do jeito que aparentemente está fazendo para os outros”.

Vale lembrar que toda essa história começou porque Scooter Braun comprou a Big Machine Label, antiga gravadora de que Tay fazia parte. O caso é bem complicado e envolve vários artistas – como Demi Lovato e Justin Bieber -, mas gente explicou cada pedacinho nessa matéria. Além disso, quem também tomou partido na treta foram Sia e Ed Sheeran.

Que confusão!

Continua após a publicidade
Publicidade