A estreia da nova temporada de Bones

Por Da Redação 18 set 2012, 19h07

Ontem conferi a estreia da 8ª temporada de Bones e olha, gente… puro sucesso. Fazia tempo que um começo de temporada da série não me agradava tanto. Nem o da 7ª, que trazia Booth & Brennan como um casal pela primeira vez!

Esse episódio teve tudo o que a gente gosta numa série deste tipo: um caso que empolga, personagens envolvidos na história e nada de enrolação! Tenho p-a-v-o-r de história pra encher linguiça e ocupar tempo de tela. E a trama de pano de fundo é incrível. Lembra Bones no começo, lá pra 2ª temporada. (Sem tanta história engraçadinha e barras forçadas!)

Opa, cuidado aqui…

Tem mais essa também, Brennan tá de perucón loiro! Keep calm: o cabelo horrô some até o fim do episódio

A temporada abre 3 meses depois de onde deixamos nossos personagens no fim da 7ª: Brennan continua fugindo com a bebê Christine e o pai para não ser presa pelo assassinato que o super hacker Christopher Pelant cometeu. Angela, amigona que é, não revela para ninguém que mantém contato com ela. Embora todo mundo desconfie, é claro. Booth está desesperado por não encontrá-la e já perdeu sua posição dentro do FBI. Sweets e Caroline estão fora do jogo também. Cam é a única que joga segundo as regras e mantém a equipe trabalhando. Clark, um dos assistentes da Brennan, assumiu o trabalho dela contra a vontade de Hodgins e Angela.

Um esqueleto aparece já todo limpo e com as características do trabalho da dra. Brennan. Os squints reconhecem e acham que ela queria que eles resolvessem esse caso porque ele pode ser a chave para limpar o nome dela. Quando Booth a encontra (a cena do reencontro dos dois é fofíssima e kinda hot, com os dois rolando no chão!), ela pede que ele a coloque dentro do laboratório. Só ela pode examinar aquele corpo, né, gente? O caso se resolve, mas Pelant consegue se safar – não vou contar tudo pra vocês também! Ele promete aterrorizar a galera do Jeffersonian durante toda essa temporada ainda.

Claro que Booth e Brennan ainda têm contas a acertar. Ninguém sai correndo com o filho dos outros sem dar satisfação e fica tudo bem, né. Mas isso aí é cena dos próximos capítulos. O legal é ver como eles são super fofos e românticos sem exagerar na melação (afinal, é uma série sobre crimes) e, principalmente: sem parecer um casal chato.

 

Pontos altos:

1) Hodgins esganando Pelant: quem não queria? Sério, vibrei com ele. Acho que os problemas dele com a raiva foram deixados de lado por um tempão já. Tudo bem que ele está numa fase mais tranks mesmo, mas adoro quando esse lado cientista maluco aparece!

Continua após a publicidade

2) Max dizendo para Booth que um cara feito Pelant, só para se for morto: sinto saudade do “criminoso que faz de tudo para defender a filha”.

3) Sweets menos bebê chorão e analisando a galera: EU APROVO.

4) Angela com saudades de Brennan: ♥

5) Booth explicando a descoloração do solo em contato com restos humanos (porque ele estava com saudade e resolveu ler os livros dela):  ♥♥♥

6) Brennan sendo esquisita (porque amamos!), mas nem tanto: nos últimos tempos, os roteiristas pesaram um pouco a mão e transformaram a gênia em uma esquisita meio lerda. Brennan tem um senso de humor incrível porque é estranha (meio como dr. Walter Bishop, de Fringe), mas é também uma mulher brilhante. E foi ótimo vê-la sendo divertida e séria quando tem que ser.

Essa temporada mais longa, com 26 episódios, promete. Para quem ainda vai assistir, só digo uma coisa: fiquem de olho na tal cena da lavanderia, viu? 😉

 

E aí, alguém mais viu Bones ontem? O que acharam? Estão com vontade de assistir?

Beijo, meninas!

 

Continua após a publicidade

Publicidade