17 suspeitos do assalto a Kim Kardashian são presos em Paris

Acredita-se que o grupo pertencia a uma gangue especializada em assaltar personalidades ricas

Por Da Redação Atualizado em 10 jan 2017, 11h47 - Publicado em 9 jan 2017, 18h12

Nesta segunda-feira (9), a polícia de Paris prendeu 17 pessoas suspeitas de envolvimento no assalto de Kim Kardashian, que aconteceu na capital francesa em outubro do ano passado. De acordo com o jornal The New York Times, os suspeitos foram encontrados na região de Paris e em uma cidade chamada Grasse, no sul da França.

kim-kardashian-fantasia-roubo-em-paris

Um representante da promotoria de Paris disse à publicação que o homem mais velho envolvido no caso tem 72 anos, mas que a maioria dos suspeitos têm entre 40 e 60 anos, o que pode indicar que eles faziam parte de um grupo com experiência em assaltos a turistas ricos e poderosos.

O crime envolvendo Kim Kardashian aconteceu no começo de outubro, quando a socialite estava em Paris para assistir a desfiles da Semana de Moda. Hospedada em uma residência de luxo, Kim foi surpreendida por cinco homens armados e mascarados que a trancaram no banheiro e levaram suas joias no valor de pelo menos 9 milhões de dólares, além de celulares e uma carteira.

Na época, Kim ficou bem traumatizada com o assalto e se afastou por meses das redes sociais. Ela voltou a postar fotos em seus perfis apenas na semana passada.

Recentemente, em um teaser da nova temporada de Keeping Up With the Kardashians, a socialite aparece comentando o caso com lágrimas nos olhos. “Eles iam atirar nas minhas costas”, diz.

promo-volta-as-aulas2017
Continua após a publicidade
Publicidade