10 séries para assistir no Netflix

Arrested Development, Family Guy, Diário de um Jovem Médico e outras

Por Bruno Dias Fotos: Reprodução Atualizado em 17 ago 2016, 14h19 - Publicado em 27 jul 2014, 16h30

1. Diário de Um Jovem Médico

A adaptação do livro de contos A Country Doctor?s Notebook , do escritor russo Mikhail Bulgakov, é uma minissérie de duas temporadas protagonizada por com Daniel Radcliffe e Jon Hamm (o Don Draper, de Mad Men ).

Misturando drama e comédia, Diário de Um Jovem Médico (que está com seu nome original em inglês no Netflix, A Young Doctor’s Notebook ) conta a história do médico russo Vladimir Bomgard, que encontra seu velho diário e passa a relembrar seu passado, no início da carreira, em uma cidadezinha da Rússia, durante a Revolução Russa.

Radcliffe interpreta o doutor Bomgard quando jovem, personagem que em sua fase adulta é feito por Hamm. Os dois sempre contracenam durante situações de nervosismo do recém formado médico e quando ela começa seu vício em morfina. É muito humor negro.

Apenas a primeira temporada está disponível no Netflix e é bem curtinha, apenas quatro episódios.

2. Family Guy

Acho que Family Guy ( Uma Família da pesada ) dispensa explicações, né? A animação criada por Seth MacFarlane já tem 13 temporadas, mas no Netflix só encontramos três, da 8ª até a 10ª.

Mas já dá pra se divertir vendo a vida nada convencional de Peter Griffin e sua família. Fala se não dá vontade de apertar o Stewie, mesmo ele sendo a criança sem noção que ele é…

3. Modern Family

Dá pra se aprofundar bem em Modern Family e começar a seguir a rotina das famílias de Jay Pritchett (Ed O’Neill) e de seus filhos Claire Dunphy (Julie Bowen) e Mitchell Pritchett (Jesse Tyler Ferguson).

No Netflix dá pra assistir as três primeiras temporadas, metade de tudo que já passou até hoje. A série está em sua sexta temporada.

Mas já dá pra se apaixonar pelo fofo do Manny (Rico Rodriguez), rir muito com a Gloria (Sofía Vergara) e com o casal gay formado por Mitchell (Jesse Tyler Ferguson) e Cameron (Eric Stonestreet).

4. Orphan Black

Uma das novas sensações nos Estados Unidos, Orphan Black é uma baita de uma viagem. A série canadense de ficção científica tem como personagem principal Sarah Manning (Tatiana Maslany), que sem querer descobre que tem muitos clones espalhados por aí. Isso mesmo, CLONES!

É impressionante ver Maslany interpretando todas as versões da Sarah: a policial Beth Childs, a típica dona de casa de subúrbio Alison Hendrix, a cientista Cosima Niehaus e a minha favorita, a doidinha Helena.

A segunda temporada terminou agorinha nos EUA. No Netflix só tem a primeira, mas duvido que se você começar a assistir não vai correndo atrás dos novos episódios.

5. Bob Esponja

Já que essa semana a Fátima Bernardes falou que o Bob Esponja perdeu de vez seu horário nas manhãs da Globo pra ela, nada melhor do que poder relembrar alguns episódios.

Continua após a publicidade

Dá pra assistir as quatro primeiras temporas, ao todo são nove até agora. Tem coisa melhor do que passar a tarde rindo muito com o Bob Esponja, Patrick, Lula Molusco e Sandy Bochechas?

6. Arrested Development

A série que revelou Michael Cera está inteirinha lá. Inclusive sua quarta temporada é uma produção exclusiva do Netflix, que trouxe a série de volta depois dela ter sido cancelada em fevereiro de 2006.

Cera é George Michael e faz parte da problemática família Bluth, que só se metem em roubadas depois que o patriarca George Bluth Sr. (Jeffrey Tambor) pratica uma série de golpes e deixa os Bluth em uma péssima situação financeira.

Mas calma, não se trata de um drama. Arrested Development é uma comédia e mostra as tentativas de Michael Bluth (Jason Bateman), pai de George Michael, de tirar a família do buraco.

7. Um Maluco no Pedaço

A série que revelou Will Smith tem suas seis temporadas disponíveis no Netflix. Dá pra matar a saudade das dancinhas do Carlton (Karyn Parsons) e, principalmente, do Tio Phill, interpretado pelo ator James Avery, que morreu no dia 6 de janeiro desse ano.

8. Parks and Recreation

No estilo de The Office , documentário fake, Parks and Recreation é onde Amy Poehler, a companheira inseparável de Tina Fey, brilha.

Poehler interpreta Leslie Knope, uma funcionária do departamento de Parques e Recreação da pequena cidade fictícia de Pawnee, no estado de Indiana, EUA.

A comédia da NBC tem quatro de suas seis temporadas no Netflix e é uma série perfeita pra quem quer dar risada e d qesencanar vendo episódios curtinhos de 20 e poucos minutos.

9. Party of Five

Sucesso na década de 90 nos Estados Unidos, Party of Five ( O Quinteto aqui no Brasil), revelou muita gente legal: Neve Campbell (dos filmes de terror Pânico ), Jennifer Love Hewitt ( Eu Sei O Que Vocês Fizeram no Verão Passado ), Lacey Chabert ( Meninas Malvadas ) e Matthew Fox (o Jack, de Lost ).

A série conta a história de cinco irmãos que ficam órfãos após os pais morrerem em um acidente automobilístico causado por um motorista bêbado.

Party of Five teve seis temporadas e três delas estão disponíveis no Netflix.

10. Chaves

Mais uma que dispensa comentários. Quem não quiser esperar as reprises do SBT ou do Cartoon, pode assistir 158 episódios de Chaves no Netflix. A única coisa ruim é que não dá pra matar a curiosidade de saber como é o áudio original em espanhol, já que os episódios são todos dublados.

Entre os episódios estão Acapulco, quando a Vila inteira vai para o litoral do México, e La Venta de churros, que mostra a sociedade de Seu Madruga (Ramón Valdés) e Dona Florinda (Florinda Meza) em um carrinho de churros.

Sei que todo mundo já viu milhões de vezes essa obra-prima de Roberto Gómez Bolaños, mas duvido que alguém aí já se cansou de rir com o Chaves, mesmo já sabendo de cor os episódios.

Continua após a publicidade
Publicidade