Você não precisa de um cara feito o Richard na sua vida, garota!

Uma passo a passo de como identificar um menino babaca por WhatsApp.

Por Isabella Otto Atualizado em 26 abr 2017, 14h45 - Publicado em 26 abr 2017, 12h46

Você, menina, está solteira e usa aplicativos de relacionamento para conhecer pessoas legais, mas acaba se deparando com um monte de gente babaca. Infelizmente, isso é mais comum do que gostaríamos. Isso porque (1) o mundo está cheio de babacas e (2) porque essas pessoas se tornam ainda mais babacas quando se sentem blindadas por uma tela, seja de celular, seja de computador.

Você não precisa de um cara feito o Richard na sua vida, garota!
Reprodução/Reprodução

A conversa de WhatsApp abaixo acabou viralizando na internet por mostrar mais um exemplo de ~macho~ fazendo ~machisse~. O cara, conhecido como Richard, conheceu a garota no Happn, um aplicativo de relacionamentos online, e começou a abordá-la de uma forma já bastante incisiva: deixando claro que não queria nem conversar antes de combinar o primeiro encontro.

Daí você pode pensar: “ah, mas ele deve ser um rapaz de atitude, que gosta de ir direto ao ponto”. Não, ele é apenas mais um babaca que quer sair logo com a menina só para checar a sua aparência. “Acho perder tempo aqui. Depois sai, a mulher é obesa ou fala demais”, justificou quando questionado do porquê de não querer bater um papo antes do date.

 

Você não precisa de um cara feito o Richard na sua vida, garota!
Reprodução/Reprodução

A garota deu uma resposta que acabou com todos os ridículos, machistas e preconceituosos argumentos do cara, que não se deu por vencido e contra-argumentou colocando, mais uma vez, como tantos fazem, a culpa nas roupas que a menina usa, como se isso fosse sequer uma justificativa plausível para algo. “Você se veste como puta. Quem é você para falar de alguém?Aprende a se vestir primeiro, depois vem falar comigo”, escreveu. Como se ela fosse querer…

Continua após a publicidade

Amiga, esse é o pior tipo de cara que você pode conhecer: além de machista e preconceituoso, é egocêntrico e se acha a última bolacha do pacote. Ou a última gota de água do deserto. Ou o último ingresso do Rock In Rio do mercado.

Você não precisa de um cara feito o Richard na sua vida, garota!
Reprodução/Reprodução

A conversa completa foi compartilhada em uma página do Facebook e é um verdadeiro guia de como identificar caras babacas através de conversas online. Assim, você se livra mais depressa desses boys lixo e nem perde tempo conversando com outros Richards da vida. #fikdik

Não dá moral pra eles, não, manas!

 

+ Leia mais: 11 maneiras de se livrar daquele boy lixo chato da internet

Continua após a publicidade
Publicidade