USP anuncia mudanças na segunda fase do vestibular da Fuvest

Entre as alterações estão a inscrição por modalidade de vagas e a diminuição de um dia de prova: 'vestibular menos estressante'.

Por Amanda Oliveira 22 Maio 2018, 12h10

Nesta segunda-feira, 21, o Jornal da USP informou que a Fundação Universitária para o Vestibular (Fuvest) terá novas alterações. A principal mudança no processo seletivo é a diminuição de um dia de exame na segunda fase. 

Antes eram três provas discursivas realizadas em três dias seguidos. A partir de agora, a segunda fase do vestibular terá apenas dois dias de provas, aplicadas em 6 e 7 de janeiro de 2019. De acordo com o pró-reitor de Graduação, Edmund Chada Baracat, esta mudança foi feita para diminuir o estresse do estudante.

  • No primeiro dia da segunda fase, os candidatos farão as questões de português e a redação, enquanto as disciplinas específicas (exigidas pelo curso escolhido) ficam para o segundo dia, sendo entre duas a quatro matérias, a critério de cada unidade da instituição. Esta é mais uma alteração no vestibular, já que antes eram apenas duas ou três disciplinas específicas.

    Além disso, o Processo de Reescolha, que permitia que os alunos que não foram convocados após a segunda fase do vestibular se matriculassem em outros cursos com vagas disponíveis, deixa de existir. O número de chamadas de aprovados também diminuiu de seis para apenas cinco.

    iStock/Reprodução

    Outra mudança apresentada pela Fuvest é a inscrição por modalidade de vaga. A partir de agora, o candidato terá que escolher uma das três opções de modalidade na hora de se inscrever no vestibular: Ampla Concorrência (AC), Ação Afirmativa Escola Pública (EP) e Ação Afirmativa Preto, Pardo e Indígena (PPI). Cada modalidade funciona da seguinte maneira:

    Continua após a publicidade

    1. Ampla Concorrência: candidatos sem nenhum exigência de pré-requisitos;

    2. Ação Afirmativa Escola Pública: candidatos que tenham cursado integralmente o Ensino Médio em escolas públicas;

    3. Ação Afirmativa Preto, Pardo e Indígena: candidatos autodeclarados pretos, pardos e indígenas que tenham cursado integralmente o Ensino Médio em escolas públicas.

    Todas as modalidades de vagas que exigem pré-requisitos não consideram renda como critério.

    A primeira fase do vestibular não sofreu alterações e segue composta por 90 questões sobre as disciplinas obrigatórias do Ensino Médio. A prova acontecerá em 25 de novembro.

    Continua após a publicidade
    Publicidade